domingo, 6 de maio de 2012

MEU AMOR LOUCO



Não importa quanto tempo
nós vamos ficar.
Eu quero é te dar
o supra sumo do prazer.

quero ter você
para amar e adorar.
Vamos pecar
um pouquinho, sem sofrer.

Gosto de te querer...
Dispa-se, faça-me delirar.
Faça-me sonhar
um sonho lindo de viver.

Vivo o seu corpo,
seus olhos, lábios... Tudo enfim.
Vivo você em mim,
meu amor louco.


A J Cardiais


1 comentário:

A. J. Cardiais disse...

Palmeirao, obrigado pela divulgação do meu poema. Um abraço