quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

Eu Sou O Teu Eterno Amor!



Quero declamar-te agora mesmo
Cheio de minha maior Felicidade.
Para que eu abra o meu coração
Porque quero dizer-te somente a Verdade.

Tu és a razão da minha vida
E é por isso que quero-te bem.
Dedicarei de alma e mente
E sabes que te amarei muito também.

Vou encontrar-te neste dia
Para que eu queira te beijar.
Tenho muitas letras a escrever
E assim que vou te declarar.

Sabes o que eu mais desejo
É estar em teus braços.
Compartilhando o Nosso Amor Real
Mas seguirei na hora os teus passos.

Uma coisa mais que simples
O que neste momento quero dizer.
E que na sua frente declamo-te assim
Por isso, jamais vou te perder.

Agora que me compreendes bem
O que eu agora declamo-te com fervor.
Com os meus versos lindos, dizendo:
"Muito Prazer, Eu Sou O Teu Eterno Amor!"


Roberto Leal

Teus beijos...



(...) e assim, te danço,
alcanço balanço, avanço,
assanhando os
sonhos reais;
desejo teus beijos
acendendo o arrepio
por caminhos sinuosos,
provocando um desafio;
bordando teu corpo
lentamente, ardente,
inconsequente ou
consequente demais;
carícias na corda bamba
colorindo com fios o
nosso caminho se
espalhando no trilho
e, com brilho o prazer
suado e molhado,
do nosso jeitinho de
sentir e fazer amor.


Marisa de Medeiros

quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

Não Chores, Minha Amada!



Quero declarar-te com as palavras
Que eu estou bem aqui neste momento.
O que eu transmitirei no teu coração
Aquele que se chama de Eterno Sentimento.


Tudo o que mais quero hoje
É compartilhar o Amor Real.
Sabes que para mim é importante
Por isso, Tu és muito especial.



Quando precisar de mim na hora
Estou aqui para te ajudar.
Por todas as letras que dividiste a Alegria
E que quero também compartilhar.



Chamarei pelo teu nome humilde
Para que ouças a minha Voz.
Vou abrir o meu coração para Ti
Neste Dia mais importante para nós.



Lembre-se das minhas palavras
Deste que te fala com Fervor.
Prometo-te que te amarei sempre
Cheio de meu maior Vigor.



Darei-te o meu Consolo Eterno
E que esta palavra que eu tinha.
Com estes versos sinceros, dizendo:
"Por isso, Não Chores, Amada Minha!"


Roberto Leal


Deliciosamente amor...



(...) intimamente tímida
na berlinda da vida;
como fosse voto de
minerva na estratégia da
emoção, tem jeito não;
labirintos esquisitos
arguindo o pensamento,
peripécias no coração;
impulsiva inquietude,
ousadia abissal,
escalada fenomenal;
quedas ocasionais, e o
amor cai, levanta,
engatinhando anda e
voa no romantismo
hipnoticamente mágico,
seresteiro, sonhador,
frenético e elétrico nos
gestos, atos e vontades;
na penumbra, silhueta
duplamente única;
encontro de curvas na
estrada simultânea do
prazer irretocável e
deliciosamente mútuo.


Marisa de Medeiros  


terça-feira, 29 de janeiro de 2013

DECIFRANDO



O indecifrável, decifrar...
tentar adivinhar,
o que estás a desejar,
se queres ou não me amar...
Estou o corpo admirando,
e imaginando
como fazer
para merecer
ao Paraíso chegar...
Se isso descobrir,
e tal percepção atingir...
Poderei faze-la feliz...
Para tanto saber,
temos que os pensamentos ler...
E assim, lá chegar,
Para esse corpo acariciar,
e então explorar
os segredos de bem amar...
Sorria-me, dando um sinal...
Não me deixe assim, tão mal...



Marcial Salaverry

PAIXÃO



Chamo teu nome
Pra matar minha fome
Teu nome é paixão
Meu nome é tesão

Te chamo baixinho
Pedindo carinho
Coração aos pulos
Teus lábios osculo

Te falo em cicio
Te quero no cio
Me invade a luxúria
Um querer com fúria

Te chamo de tudo
Até ficar mudo
Em êxtase te amo
Teu nome só chamo


Arjofe


segunda-feira, 28 de janeiro de 2013

O AMOR EM NOSSA VIDA



Realmente, o amor,
é da vida o amanhecer,
pois com certeza tudo
que de bom há na vida,
é feito com amor...
Desde o café da manhã,
até o momento de adormecer...
Com amor no coração,
vale a pena viver...
Sem amor, a vida perde a razão...
Amor pela humanidade,
traz para a alma mais felicidade...
Amor pela vida,
para vive-la como é devida...



Marcial Salaverry

Agora Eu Quero É Te Amar!



Porque eu declaro isto a Ti
Para que possas me escutar.
Pois sabes que pertences a mim
Mas sabes que eu estarei para te falar.

Desde que me conheceste
Conquistaste o meu sorriso.
Sorrindo para mim na hora
É tudo isto que eu preciso.

Ganharei o teu Amor Puro
O quanto quero receber.
Tua compreensão sincera
O que também não quero perder.

Somente estarei ao teu lado
Compartilhando o temor.
Coragem para enfrentar as barreiras juntos
Lutando contra elas em nome no Amor.

A única coisa que mais quero
É que fique comigo para sempre.
Onde estiver comigo em qualquer lugar
Pois também quero estar presente.

Lembre-se de mim assim
Porque quero dividir com você.
Afeto que esteja completo
De tudo isto que pode crê.

Entenda o que eu escrevi agora
Por isso, escute o que vou te falar.
Com os meus versos sinceros, dizendo:
"Meu Amor, Agora Eu Quero É Te Amar!"


Roberto Leal

domingo, 27 de janeiro de 2013

ESTE AMOR É MINHA VIDA



Este amor é minha vida,
é a emoção maior que experimento...
e que merece ser vivida...
Este amor, é a força que me levanta...
dando-me vida ao coração...
Tem da felicidade o caminho,
pois este amor é uma realidade
que cruzou meu caminho,
que será percorrido juntos,
e não mais sozinho...
Estes desejos latentes,
satisfeitos em carícias cálidas,
no gostoso arrepio do tesão,
que sempre torna o amor gostoso,
fazendo explodir o coração...
Mesmo estando distantes,
decerto que a distância não impede,
pois ao sentir a presença,
tudo se acalma...
Isso é o amor, a se revelar,
fazendo mais ainda,
fazendo nascer a paixão,
e o sentimento ainda desconhecido,
que é um amor mais do que amor...



Marcial Salaverry

O BEIJO



Lábios que se roçam,
se entrelaçam,
e se fundem;
Línguas que se tocam,
se exploram, e
se confundem;
Bocas que se buscam,
se devoram, se unem;
Beijos molhados,
de língua ou de lábios,
Beijos românticos,
Sensuais ou tímidos,
Nada disto conta...
O melhor beijo
Desperta nosso sentimento...
E também nosso desejo,
É aquele que consegue eternizar um momento...
O melhor beijo,
É aquele que o corpo pede,
E a alma consente...


Angelita Generoso

sábado, 26 de janeiro de 2013

Perdidos na Chuva



Chuva que cai, sobre minha
janela, assim, tão fria...
Tempestade, cai sem parar
sobre nossas almas vazias.

Olhos que correm, atras das
luzes, em toda a cidade.
Nos cantos escuros busco a
tua claridade.

Pois onde estão teus passos,
que me guiavam pela vida?
E onde estão teus abraços,
que não deram despedida?

Vejo teu rosto, pela chuva
iluminado,
vejo tua face, de lágrimas
manchada.

E ouço tua voz, que soa tão
distante...
Vejo tua pele, tão marcada,
e a maquiagem, desgastada.

Eu vejo-te em meus braços,
neste instante.

Noite de insônia, e dores de
momentos;
o vento, traz pra perto teus
lamentos.

Teu riso, lembrança que não
envelhece.
Tua pele marcada do tempo,
que, com o frio, empalidece.

De repente, por apenas um
breve segundo,
nossas almas se reúnem, tão
longe deste mundo.

E eis que a nossa tristeza é
tomada por tantas emoções...
Que nós, perdidos na chuva,
unamos os nossos corações...


Ronaldo Thomé

Lábios



Detalhado eu sabia descrever teus lábios,
pois chamava-me atenção a sua  b o c a.
Que era tão desejável como uma maçã colhida no pé,
sentia o gosto se desfazer,sem ao menos tê-la tocado.

Era loucura confesso,mas o desejo é tão louco,
para se definir em palavras.
Queria pelo menos saciar minha sede de tê-la,
uma vez,para jamais perdê-la.

Tu tentas me ofender,não escuto,só vejo teus lábios,
por um instante penso em calar-te,pois falas sem parar,
mas somente se permitiste tua boca iria beijar.


Rubi

sexta-feira, 25 de janeiro de 2013

SONHAR CONTIGO.


O brilho de teu sorriso...
Inspirou-me uma canção!
A luz de teus meigos olhos...
Conquistou o meu coração.

A flor que tu me deste...
São pétalas de fina fragrância,
Onde repousa singela e serena...
A alma deste apaixonado escravo teu!

Nas noites claras de brando luar...
Brilham as mais esplêndidas estrelas,
Todas regadas aos delicados encantos seus!

Faz de mim vassalo dessa louca epopeia,
Rende-se aos teus dotes de delicada mulher...
Musa encantada que todo homem sonha e quer!


Baroneto.

ACORDES MEU AMOR!


Acordes, meu amor! 
Deixe-me tocar teu coração, 
Deixe-me guardar tua emoção, 
Deixe-me entrar no teu pensamento, 
Então vou avariar a tua vida, 
Mas, deixe-me curar tuas feridas, 
Que foram abertas pela paixão... 

Assim sendo, vou incendiar teu desejo, 
Vou participar dos teus lindos sonhos... 
Da mais bela poesia... 
Verei as tuas fantasias... 
Serei a tua maior ventura, 
E serás minha grande loucura... 

No auge do amor serás enfeitiçada, 
Com o carinho que sinto na alma, 
E que muitas vezes me atormenta, 
Outras vezes me acalma, 
Enriquecendo nossas vidas... 

Alucinarei teu coração 
Com um beijo que é só meu, 
Serei a tua eterna lembrança... 
E terás a mais bela esperança... 
Sentirás sempre todo o encanto, 
Sentirei o desejo que é só teu.

Deixe-me tocar em teu peito, 
Para ser eternamente lembrada 
Para sentir que és real, 
Pois, não encontro outro jeito 
De saber se és a Musa Prateada 
E, o nosso amor deixou de ser virtual. 


POETA NATAN


quinta-feira, 24 de janeiro de 2013

Memória do coração...



Que sabes tu de minha alma?
Como podes entender os meus silêncios
E se são verdadeiros ou não os meus sentires...
Como podes avaliar os meus sonhos se nunca
Chegaste ao meu íntimo?
Eu não sabia que na memória do coração
Só guardam do passado os momentos felizes...
Mas, quem sabe noutro tempo... Além desta vida
Voltaremos a falar de amor?


celina vasques

CANTOS DE AMOR



Dê-me apenas uma chance
Que te mostro
O colorido que mora em meu mundo.
Um sorriso... E te abro as portas do paraíso.
Você é apenas o que preciso...
Vem e cala a minha voz...
Com seu silêncio...
Vem e faz o verso mais bonito em meu corpo...
E faça eu cantar em sussurros a melodia mais eterna...

Dê-me apenas outra chance...
Que te levo para o além daqui...
Onde existe a mais pura suavidade no amar...
E meus mil braços para envolvê-la em carícias sem fim...
Você é meu intenso querer...
Vem e abraça minh'alma...
Porque nossas essências já misturadas...
Apenas querem o nosso beijo apaixonado...
Simples Assim!!!


TEMPESTADE DELBACK E MARTA BITTENCOURT

quarta-feira, 23 de janeiro de 2013

E o amor é mais...



na mistura da vida que
se vive e a pretendida,
estrada percorrendo,
escorrendo rosas e espinhos;
jardins nos caminhos
perfumando os anseios
nos dourados entremeios;
arquitetura de doçura e
amargura, as vezes,
fortaleza na construção,
outras, fragilidade
na imensidão;
no encontro das esquinas
curvas de emoção ou
paralelas no coração;
silhueta enigmática
transcende n'alma
pontuando o amor
inexplicável, sensível,
pertinente e apaixonante
nas cenas que encenam
o espetáculo da vida.


Marisa de Medeiros


Tudo Por Amor!



Quero dizer que te amo mesmo
Demonstrando com todo o meu Amor.
Sabes que te amarei nesta hora
Para provar-te com cheio de Fervor.

Desde que me conquistaste
Fez-me sorrir neste instante.
Pois sabe que me encantaste
Mas me amaste no mais importante.

Quero dizer-te abertamente
O que te amo de coração.
Mostrarei a minha honra maior
E que também farei isto com dedicação.

A única coisa que eu posso fazer
É ficar contigo para onde for.
Porque eu sei que me ama
Mas provando com mais Vigor.

Seguirei os teus caminhos
E segurarei a tua mão.
Prometo-te que te amarei
Beijando-te com Exaltação.

Lembre-se de mim por onde for
E que estarei dentro do seu pensamento.
Somente estarei eternamente contigo
Transmitindo todo este Sentimento.

Agora que sabes que eu falei
O que eu demonstrei sem Temor.
Sabes que farei tudo isto
Mas farei também Tudo Por Amor!


Roberto Leal