quarta-feira, 31 de julho de 2013

Paixão e sexo



Sincronia freneticamente perfeita
Combinação a qual se deleita.
Sem medo de ser feliz
Entrega-se até a última raiz.
 
Os corpos se entrelaçam em um só
Num emaranhado de apenas um nó.
Não se sabe onde começa um ser
Onde termina, não dá para ver.
 
Somente a verdadeira paixão
É capaz de alucinada emoção.
Perde-se toda a vaidade
Impera a humilde cumplicidade.
 
Privilégio de muito poucos
Se amarem como dois loucos.
O risco do amor perdido
É melhor do que nuca ter tido.
 
Vale a pena viver cada segundo
Como se eterno fosse o mundo.
É necessário novo recomeçar
E a cada dia se apaixonar.
 
Kennedy Pimenta


Felicidade e muito amor



Ao analisar o mundo que vivo agora
Terra de sofrimento e muita dor
me vem na lembrança o outro que vivi outrora
Planeta de tranquilidade, paz e muito amor.

No céu azul as estrelas nunca paravam de brilhar
convite para um passeio a dois querendo espairecer
e as águas dos riachos quebrando nas pedras a brilhar
eram como pequenos diamantes que eu oferecia a você.

Não sei que Planeta era aquele em que vivíamos
mas sei que a felicidade ali nos protegia
e não tínhamos tempo para sofrermos
era como se fosse o mundo da eterna fantasia.

Agora que acordei e vejo a pura realidade
estou na Terra e só vivo por muito te amar
porque a nossa verdadeira felicidade
só conseguiremos quando daqui Deus nos transportar.

Ele já nos disse que existe outras moradas
mais evoluídas e livres do sofrimento e da dor
e é para uma dessas que quero ir com você Oh! minha amada
onde haja paz, felicidade e muito amor.



ChangCheng


terça-feira, 30 de julho de 2013

A MULHER QUE AMA



Quando a mulher ama,
ama e deseja com amor ser amada ...
A mulher quando ama de verdade,
só encontra a felicidade
ao lado do seu amor...
A mulher sabe ser amante,
se ama o bastante...
Entrega seu corpo e sua alma,
e só se acalma
ao lado de seu amor...
Para o amor dela conquistar,
há que se dedicar,
saber beijar... saber amar,
sua presença respeitar...
Se conseguir o amor
de uma mulher apaixonada,
não deixe esfriar o calor,
saiba fazê-la amada...
Verá que a mulher quando ama,
na cama se inflama,
e  será sua fiel companheira
pela vida inteira...
 


Marcial Salaverry


O amor canta sem fim...



(...) lua cheia,
tatuando meu amor
em tuas veias,
escorrendo vida, incendeia
se misturando tão pura
nas imperfeições que
perfeitamente nos segura
com laços estreitos e
bem feitos, de fato e de
direito no conceito do coração;
extasiando a alma na busca
da perfeição, doçura da emoção;
sentindo a canção do amor na
transfusão de fogo e paixão;
(...) lua cheia,
tão nova, a toda prova que
aprova o amor como
sentimento mais completo;
erros e defeitos incertos
na certeza da beleza que o
amor canta em prosa e
versos no universo tão longe
e bem perto, dentro de nós
na infinitude do eternamente.


Marisa de Medeiros

segunda-feira, 29 de julho de 2013

AMAR EM PAZ



Sempre é melhor poder amar em paz,
quem disso for capaz...
Um amor bem vivenciado,
é um amor apaixonado,
é um amor de verdade,
que só traz felicidade...
Feliz de quem sabe assim amar,
e que aventuras não vai buscar...
E quando aventuras o buscam,
estas não o tentam,
porque tem seu amor no coração...
Precisamos de paz em nosso coração,
para podermos amar em paz...
Brigas... ciume... cobranças...
nada a ver com amor, nem com paz...




Marcial Salaverry


 

Mais uma vez...



(...) sob o céu vermelho
me sinto como espelho
de um amor azul,
como um arco íris
colorindo a saudade e
toda ansiedade que a
tua ausência faz;
sobre  laços e lençóis
sinto a falta de nós;
ouço a voz do pensamento,
espero paciente e
exaustivamente o
nosso momento e,
amar mais uma vez na
lucidez da nossa loucura
tão pura de amor, outra vez,
mais uma vez, infinitamente.


Marisa de Medeiros


domingo, 28 de julho de 2013

PENSANDO COM AMOR



Por vezes pensamos,
e de doces momentos de amor nos lembramos...
Lembramos de momentos assim vividos,
vividos com amor intenso,
intenso e refletindo sempre um prazer imenso,
imenso com momentos que ficam para a eternidade,
eternidade sempre lembrada com infinita saudade...
Saudade daqueles doces momentos,
momentos que não deixam lugar para lamentos...
Lamentos que são feitos apenas,
apenas ao maravilhosa alegria,
alegria com que vivemos aquele dia,
dia que para sempre será lembrado,
lembrado com o coração cheio de amor...



Marcial Salaverry


Nos teus olhos



Nos teus olhos vejo a luz
Nos teus olhos vejo o mar
Luz que ilumina meus sonhos
Mar que minha vida irá regar.

Nos teus olhos encontro a paz
Nos teus olhos encontro o amor
Paz que traduz quem nós somos
Amor que em nossas vidas iremos levar.

Os teus olhos azuis
Azuis da cor do mar
É tudo que um dia irei eu lembrar.

Nos teus olhos tão ternos
Ternos de amor e paixão
Tudo que posso dizer que és a dona do meu coração...


Leandro Yossef


sábado, 27 de julho de 2013

Teu beijo me deixou assim...



Estou mudada não sei por quê
Depois que me beijou tudo transformou
Foi o teu beijo que me fez assim
Cada beijo seu pra mim é uma flor
Amor quero mais e formar um jardim

O teu beijo me fez feliz
Não consigo caber em mim
Estou louca por você
E foi o teu beijo que me fez assim

Sem teu amor não consigo
Sem teus beijos é impossível
Cada beijo aumenta meu desejo
Amor beija-me, e fica comigo



acalenta


AMOR NÃO TEM IDADE



Essa é a maior verdade...
Amor não tem idade...
O amor tem sentimento,
que não permite qualquer lamento...
O amor no outono da vida,
coisa mais gostosa de ser vivida...
É aquele amor sem culpas,
não se precisa de desculpas...
é um amor de entrega total,
que deixa qualquer um sentimental...
Sentimental demais...
Revigora energias... e ainda mais...
Olhar para o lado,
sentir o corpo amado,
desperta a velha emoção,
faz muito bem ao coração...
aquela mesma sensação de antigamente,
isso quer dizer, simplesmente,
que vivos estamos,
e por isso... amamos...



Marcial Salaverry


sexta-feira, 26 de julho de 2013

DESEJO FEROZ


Adoçou bem a minha língua
Senti o sabor escorrendo pela boca
Tudo foi muito intenso sem mingua
Até minha voz ficou rouca

Arrepios multiplicaram bem veloz
Corpo entrou em total transe
Desejo dessa vez ficou feroz
Não existe nisso o que me canse

Várias vontades e você não pensa
Deixando sem controle o meu ser
Sensações aparecem são intensas
Emoções que fazem valer o bem viver

SoninhaBB

AS ALGEMAS DO AMOR



Ô meu amorzinho, venha cá
Não fique aí do lado de lá
Porque desse mato não sai coelho
A solidão maltrata e arde
Te espero com o chazinho da tarde
E um tapete vermelho

Que é pra você chegar em alto estilo
Eu já estou pensando naquilo
Que vai rolar entre nos dois
Estou de fato apaixonado
Te jogue inteira pro meu lado
E deixe os compromissos pra depois

Vamos selar o nosso casamento
Chega de tanto sofrimento
Nós temos é que nos impor
Eu sou teu macho minha fêmea
Somos duas almas gêmeas
Presos pelas algemas do amor!


Vainer de Avila


quinta-feira, 25 de julho de 2013

AMOR SECRETO



Um amor secreto...
dentro do coração
bem guardado.
É um amor completo...
de tirar a razão,
deixar descontrolado.
Deve ficar em mistério...
mas é um amor sério,
verdadeiro, real...
não causa nenhum mal...
Amor secreto...
não pode ser falado,
comentado, divulgado...
Tem  um fundo de segredo,
que lhe dá mais sabor...
um que de quase medo,
que sustenta a força desse amor...
Deixa o amor mais forte...
Dá-lhe suporte...
Por ser um amor secreto...



Marcial Salaverry

Embebido na paixão


Me desculpe meu amor
se as vezes não te encanto mais
é que de vez até choro de dor,
quando me atrapalho na paixão
 por ela ser tão grande,
mas eu pensar que não te satisfaz.

Mas mesmo assim,
com esse meu jeito todo atrapalhado
você pode até não dar nada por mim
e pensar que não estou mais apaixonado,
ledo engano esse seu
pois o que mais quero é você do meu lado.

Quantas vezes te escrevi embebido na paixão
fazendo forças para o papel poder enxergar
e nele escrever o que sentia por te o meu coração
que só pensava em te ver e te amar.


ChangCheng


quarta-feira, 24 de julho de 2013

Amor quente...



inverno frio, latente;
não é mais forte que o
meu amor, nem tão
contundente quanto a dor
congelando a madrugada,
solidão alada;
quero eu, o calor dos
braços teus me envolvendo,
tremendo, faminto, sedento
se entregando inteiro
me surpreendendo,
calando minha boca
com beijos tórridos,
quente, ardente me
instigando, queimando
de paixão, fogo e tesão;
nem parece ser inverno,
forte frio, calor de verão,
amor intenso em qualquer
estação, sonho acordada,
abro os olhos, vestindo a
imaginação; sinto frio e me
aqueço na inacabada
inspiração cintilando o
amor que ainda é teu.


Marisa de Medeiros


Amar dentro do peito uma donzela


Amar dentro do peito uma donzela; 
Jurar-lhe pelos céus a fé mais pura; 
Falar-lhe, conseguindo alta ventura, 
Depois da meia-noite na janela: 
Fazê-la vir abaixo, e com cautela 
Sentir abrir a porta, que murmura; 
Entrar pé ante pé, e com ternura 
Apertá-la nos braços casta e bela: 
Beijar-lhe os vergonhosos, lindos olhos, 
E a boca, com prazer o mais jucundo, 
Apalpar-lhe de leve os dois pimpolhos: 
Vê-la rendida enfim a amor fecundo; 
Ditoso levantar-lhe os brancos folhos; 
É este o maior gosto que há no mundo. 


Bocage, Poesias Eróticas, Burlescas e Satíricas


terça-feira, 23 de julho de 2013

Amor de Lua Cheia


E a noite replicou em lua cheia,
Luar de versos em poesia, canduras
Ritmas ao encontro dos lábios
Em mel de quimeras, em nostalgia de amor,
De amar o mar pelo marejar, rara ilusão!

O minuano venta entre os jacarandás
Cantando em lirismo toda forma do verso,
Quando dos tecidos do corpo desnuda-se
Lamentando em acordes flamencos, pele luz,
Ao solstício de inverno adentrando pela janela!

Sobre a mesa o vinho que aquece a meiga palavra
Versando-se pelo corpo em fulgor, fantasias,
Habitantes da paixão, do romanesco poema
Dando-se pelo linear das mãos, dos veios
Em plenitude com os astros, planando pelos céus!

Sob pétalas de todas as cores, ninho solidão,
Toada beleza de tocar e beijar pelo brilho
Despojando harmonia, anunciação do âmago
Pelos traços abraços do outrem numa sonata,
Num divagar da tez, num soneto, num poetar!


Auber Fioravante Júnior

ESPERANÇA NUM SONHO DE AMOR



Sonhar com o amor,
na doce esperança de vive-lo...
Assim, nessa esperança,
um triste coração balança,
e por vezes, a vontade fraqueja...
E pergunta-se se será vã essa esperança,
e é essa a dúvida que a razão lança...
Mas o coração deseja,
e também a alma enseja,
acha que o sonho vale a pena ser vivido...
E se o corpo almeja,
e se contorce em ânsias,
o sonho ameniza a espera.
Sonhando, segue-se esperando,
perguntando-se até quando...
Sempre devemos manter acesa a chama
que em nosso sonho a alma chama.
Uma vida sem sonhos, é uma vida sem objetivos,
e com certeza, a esperança de amor
é um sonho que não causa dor.
Basta saber sonhar,
basta saber esperar,
pelo amor que está a chegar...



Marcial Salaverry