terça-feira, 31 de julho de 2007

En Ausencia de Ti...


Como uma árvore desnuda estou eu sem você
Minhas raízes vão secar
Abandonada assim
Me faz falta que você esteja aqui
Não há uma coisa que não te traga a mim
Nesta casa, na escuridão
Cai a neve e será
Mais triste o inverno ao chegar o Natal

E você me faz falta, meu amor
como quando busco a Deus no vazio
Na sua ausência
Eu queria assim, te dizer que...
Você me faz falta, meu amor
A dor é forte como um desafio
Na sua ausência eu não saberei viver

Porque de você tua alma permanecerá
E sua voz voltará a soar
Fecho o s olhos e aqui
Em meus braços volto a te sentir
E volto a nos ver
Um no outro, um só coração
Em cada lágrima você vai estar
Não vou poder te esquecer nunca mais

E você me faz falta, meu amor
Cada dia morro um pouco e sinto frio
Quero ir junto com você
Poder assim te dizer que...

Você me faz falta, meu amor
A dor é forte como um desafio
Na sua ausência eu não queria viver
Você me falta, meu amor
Como quando procuro a Deus no vazio
Preciso de você
Te ter junto de mim, porque....
Você me faz falta, meu amor
Tanto, tanto que eu queria ir com você
Na sua ausência eu não quero viver

Desde que você não está aqui
Não quero nem poder viver
Vivo na ausência
Na sua ausência.....

Laura Pausini
Composição: Indisponível

segunda-feira, 30 de julho de 2007

Pra que falar?


Pra que falar?
Se você não quer me ouvir
Fugir agora não resolve nada

Mas não vou chorar
Se você quiser partir
Às vezes a distância ajuda
E essa tempestade um dia vai acabar

Só quero te lembrar
De quando a gente andava nas estrelas
Nas horas lindas que passamos juntos
A gente só queria amar e amar
E hoje eu tenho certeza
A nossa história não termina agora
Pois essa tempestade um dia vai acabar

Quando a chuva passar
Quando o tempo abrir
Abra a janela e veja:
eu sou o Sol
Eu sou céu e mar
Eu sou seu e fim
E o meu amor é imensidão

Súplica


Olha pra mim, amor, olha pra mim;

Meus olhos andam doidos por te olhar!

Cega-me com o brilho de teus olhos

Que cega ando eu há muito por te amar.


O meu colo é arminho imaculado

Duma brancura casta que entontece;

Tua linda cabeça loira e bela

Deita em meu colo, deita e adormece!


Tenho um manto real de negras trevas

Feito de fios brilhantes d'astros belos

Pisa o manto real de negras trevas

Faz alcatifa, oh faz, de meus cabelos!


Os meus braços são brancos como o linho

Quando os cerro de leve, docemente...

Oh! Deixa-me prender-te e enlear-te

Nessa cadeia assim eternamente! ...


Vem para mim,amor...Ai não desprezes

A minha adoração de escrava louca!

Só te peço que deixes exalar

Meu último suspiro na tua boca!...


Florbela Espanca

sábado, 28 de julho de 2007

Desejo


Se em tudo que toco ou vejo

estás presente,

se na música que ouço,

na lembrança que me machuca

e espezinha, estás presente,

por que mais e mais desejo

tua presença, teu corpo, teu beijo?

Por que, se tua lembrança me conforta,

Sinto-me preso a um calabouço

que me tortura e sufoca

e minh'alma já não suporta?

Por que te desejo mais e mais?

e quase enlouqueço, se te sinto distante?

Seria isso o verdadeiro amor?

tanto desespero de dor?

Se te envolvo num abraço,

se em cega carícia teu corpo percorro,

por que meu desejo não satisfaço

e de desespero quase morro?

Estás presente em mim,

minuto a minuto, a todo instante...

mais e mais te desejo

e quase enlouqueço,

se te sinto distante!...

sexta-feira, 27 de julho de 2007

EU SEM VOCÊ...


Eu sem você ,

Não tenho porquê ...

Porque sem você ,

Não sei nem chorar ...

Sou chama sem luz

Jardim sem luar ,

Luar sem amor ,

Amor sem se dar ...


Eu sem você ,

Sou só desamor ,

Um barco sem mar ,

Um pranto sem dor ...

Tristeza que vai ,

Tristeza que vem ...


*Eu sem você não sou ninguém *...


* Vinícius de Morais

Alma gêmea...


Alma gêmea de minha alma

Flor de luz de minha vida

Sublime estrela caída

Das belezas da amplidão.

Quando eu errava no mundo...

Triste e só , no meu caminho,

Chegaste , devagarinho ,

E encheste-me o coração.

Vinhas na benção das flores

Da divina claridade ,

Tecer-me a felicidade

Em sorrisos de esplendor !!!!

És meu tesouro infinito.

Juro-te eterna aliança

Porque sou tua esperança,

Como és todo meu amor !!

Alma gêmea de minha alma

Se eu te perder algum dia...

Serei tua eterna agonia,

Da saudade nos seus véus...

Se um dia me abandonares

Luz terna dos meus amores,

Hei de esperar-te , entre as flores

Da claridade dos céus.

Emmanuel
Do livro "Há 2000 anos", cap. IV

quinta-feira, 26 de julho de 2007

sem limites para sonhar

Beija Flor


Queria que você fosse

um pequeno beija flor

e viesse até mim se alimentar

com o nectar do meu amor

e viesse tão veloz

como o bater de tuas asas

e não desviasse o caminho

que te levaria a minha casa

que é o meu coração

que sempre está aberto

quer você esteja longe

quer você esteja perto

pois não sei a hora

que você ira chegar

como se fosse um beija flor

somente para se alimentar

mas ao provar do meu mel

você jamais partiria

e como um beija flor

jamais se perderia

pois na flor que se alimenta

ali ele se vicia..

( Brida!!! )

вµscσ єм тi!!

╔═╠─╬╬─╬─╫ﻺﻺﻍჱﻺჱﻍﻺﻺ╫─╬──╬╬─╣═╗

вµscσ єм тi...
αs đєlíciαs є σs þrαzєrєs,
đαs ησiтєs αiηđα ηãσ viviđαs
đσs вєijσs αiηđα ηãσ тrσcαđσs
đαs cαríciαs αþєηαs þrσмєтiđαs...

вµscσ єм тi...
αs мαrαvilhαs є єηcαηтσs
đσs αмαηтєs αþαixσηαđσs,
đαs đєscσвєrтαs đσ αмσr
đє đσis cσrþσs αiηđα мisтµrαđσs

вµscσ єм тi...
α þµrєzα є α siмþliciđαđє
đσ σlhαr đє µмα criαηçα
đα flσr вrαηcα qµє đєsαвrσchα cσм lєαlđαđє
đσs þσєтαs qµє đєsтilαм α єsþєrαηçα

вµscσ єм тi...
α cєrтєzα є α cσηvicçãσ
đαs þrσмєssαs sє rєαlizαrєм
đσs sσηhσs sє cσηcrєтizαrєм
đαs đúviđαs sє đissiþαrєм

вµscσ єм тi...
αqµilσ qµє sσµ, þαrтє đє мiм
Qµє sє fσi, vσcê lєvσµ
є qµє hσjє, þrєcisαмєηтє hσjє
Só þσssσ αchαr, qµαηđσ...
вµscσ єм тi!!


╚╠─╬╬─╬─╫ﻺﻺﻍჱﻺჱﻍﻺﻺ╫─╬──╬╬─╣═╝

Tempo...


Colham botões de rosas enquanto podem,
O velho Tempo continua voando:
E essa mesma flor que hoje lhes sorri,
Amanhã estará expirando.

O glorioso sol, lume do céu,
Quanto mais alto eleva-se a brilhar,
Mais cedo encerrará sua jornada,
E mais perto estará de se apagar.

Melhor idade não há que a primeira,
Quando a juventude e o sangue pulsam quentes;
Mas quando passa, piores são os tempos
Que se sucedem e se arrastam inclementes.

Por isso, sem recato, usem o tempo,
E enquanto podem, vivam a festejar,
Pois depois de haver perdido os áureos anos,
Terão o tempo inteiro para repousar...

quarta-feira, 25 de julho de 2007

CUME...


Eu tento me enganar dizendo que não sinto
Saudades nem desejos, nem sequer tesão...
Mas se eu proferir algo certamente minto,
Pois minha boca finge mas a alma não!

Procuro disfarçar... Teu nome eu nunca chamo!
Escondo-me do amor, na dor que mora em mim...
Mas a vontade louca de dizer: "eu te amo"
Rasga-me o coração... Odeio ser assim!

E nessa escadaria de degraus plangentes
Que eu subo e depois canso e sento nos batentes
Temendo não chegar ao "fim" que me consome...

E olho cá de baixo com tanta emoção
Que chego a vê-la rindo e acenando com a mão,
E a tua linda boca gritando meu nome...

terça-feira, 24 de julho de 2007

UNINDO CORPOS, ALMAS E CORAÇÕES


No encontro de nossos corpos
nos perdemos por inteiro...
Mas nos achamos e nos amamos...

Sem fugirmos das delicias do aconchego,
dos amassos e dos abraços...
Dos beijos e das carícias mais ousadas...

E nesse encontro preenchemos
todos os nossos vazios...
Estreitando, com carinho,
todos os laços ...

numa entrega,
plena e total, de corpo com corpo...
De alma com alma...
De coração com coração...

Sim, em nossos corpos,
todos os momentos
vividos e compartilhados
se eternizam...

E, em nossas almas,
o amor se materializa
e se concretiza ...

E tudo o que acontece,
dentro e fora de nós,
faz a diferença!

Pois em nosso amor
encontramos alegria,
felicidade e paz...

Que, durante tanto tempo,
ambos quisemos e buscamos!
Sim, nosso sentimento comum
chama-se amor !

Mas, também, sabe ser Paixão!
Pois não é uma ilusão!


Autoria:
Magy e RRMM Roberto Romanelli Maia
Direitos autorais registrados pelos autores

Se eu fosse um passaro...


Se eu fosse um pássaro
Voaria agora para te encontrar
E levaria todo amor que
Que tenho para te dar

Num vôo silencioso....

Cruzaria o céu...
Atravessaria oceano
Somente para dizer
Que te amo!!

Mas como não sou um pássaro
Não tenho asas para voar
Com o meu pensamento
Vou te buscar

Percorro a distância
Com minha imaginação
E trago-te pra junto
Do meu coração

Anjo....

Quando os olhos não vêem
O que a alma ama
O pensamento busca
O que coração reclama .

segunda-feira, 23 de julho de 2007

Uma Reflexão...


Segure firme a minha mão.
Não, não largue. Agora não.
Perceba como está quente,
é emoção latente, diferente,
sem segundas intenções, nada em mente.

Vamos caminhar um pouco, respire fundo,
eu lhe conduzo nesse novo mundo.
É um lugar onde se pode confiar,
onde só há sentimento puro,
prazeroso, majestoso.

Onde é?
Um recanto que tenho cuidado com muito carinho,
com muito gosto.
Um lugar indivisível, perfeito para morar.
Não está longe daqui, sabe, nele sempre vivi.
Em frente à casa existe um lindo jardim,
adiante um pequeno lago.
Mais ao longe pode-se avistar
carvalhos cheios de ninhos de colibri
que enchem o ar de harmonia com o seu cantar.

Sei que é sedução o que lhe digo,
mas creia, é verdade,
é possível esta minha realidade.
Não, não é um paraíso.
Tive muito trabalho para construir.
Foi difícil para mim,
mas conquistei a mim mesmo.

Minha casa é de cristal límpido e transparente
e quem quiser me achar
basta olhar a casa e lá me encontrará.
Estarei lá ou em qualquer outro lugar,
pois levo a casa comigo.
Fiz da minha alma um lugar bom de se morar.

Quer entrar?
Entre. Sente-se.
Sinta um perfume misterioso bailando no ar.
Jasmim? Sinta o que desejar.
Quer um chá? Eu mesmo plantei e colhi.
Aqui está.
Beba, sorva com prazer, eu mesmo acabei de fazer.

A lareira está sempre acesa pois a lenha é de boa qualidade e produz um bom calor.
Sinta-se em casa. Sua própria casa.
Por que? Porque as almas não são diferentes.
Lembra do lugar indivisível? É aqui.
É meu, seu, e de quem quiser vir.

Basta ter um bom coração,
ser sincero consigo mesmo
e ter aprendido a conjugar o verbo amar.
Quando você acordar e soltar a minha mão,
não é preciso que se lembre bem de mim.
Basta sorrir com a alma.

(Jorge Lennon)

SE ME AMA ME BUSQUE...

Não permita que eu me vá
Não sinta medo de falar
O que se passa com o seu coração
Me tire desse silencio em que você me faz viver

Não permita que meus sentimentos se percam
Em busca de outro amor
Fale tudo o que sempre quis ouvir
E você nunca falou de medo de me amar

Por isso escondeu seus sentimentos de mim
Venha se entregue em meus braços
Se envolva em meus sonhos
Voe em meus pensamentos viva comigo

Esse momento mágico
Vamos fechar os olhos e acreditar
Que tudo é realidade, que o mundo parou
Não me deixe ir
Por favor

Amanha poderá ser tarde
Talvez não esteja mais aqui
Meu coração poderá não te pertencer mais
E eu não voltarei para seus braços

Talvez eu já tenha ido...
Pra todo o sempre...!!

Estarei longe... E você poderá ter
Me perdido para sempre!!
Por isso venha se entregue...

Para nosso AMOR!!!

domingo, 22 de julho de 2007

Brisa e Perfume





A brisa que passa
e envolve teu rosto,
a brisa que voa
e sorri em teus cabelos
é brisa de muito amor.
Ajuda a iluminar tua beleza.
Mais do que tudo,
adoro o encanto da brisa,
porque faz parte da vida,
é muito da minha alegria.
A brisa que passa
e que te faz carinhos
me dá lindo sentimento de amor,
me dá contentamento
de participar da Natureza.
Porque a brisa te faz mais linda,
dela não tenho ciúmes.
Porque a brisa me traz perfume,
dela me aproximo,
Aproximando-me de ti.
Realidade do ser feliz
ajuda-me a viver
ajuda-me a te sentir, minha querida.

(Wanderlino Arruda)

sábado, 21 de julho de 2007

Metade de mim te pertence...A outra te possui...Sempre...



"Quero você
Quero muito você
de forma especial
de forma singular
um dia, uma noite
quem sabe um retalho de tempo
onde vivamos o momento
e tudo façamos pra eternizar...
Sentimentos despertados
amores sonhados...
Se for sonho não quero acordar...
A distância que nos separa
Não é contada em quilómetros
é pior, está tão perto
mas é como se houvesse um deserto
a nos distanciar
Isto não abranda a emoção
e por mais que a razão diga não
Não resisto ao seu olhar...
Fico parado meditando,
remoendo e pensando...
Por que fui te encontrar?
Estava tão bem sozinho
nenhuma preocupação eu tinha
e agora vivo a preocupar...
Que eu sou para você?
O que é você para mim?
Não consigo responder
Isso é muito ruim
Mas prefiro viver assim
Tendo você pela metade
por fora, mas inteirinho dentro de mim..."

Quero...



Quero me perder indo ao teu encontro
de não sair de novo me encontrar...
Quero poder te dizer que te amo tanto
do mais simples jeito que é amar...
Quero perder o senso e a compostura
quero correr o risco da aventura
Vou gritar em todo o canto
que eu te amo por demais
que ao gritar minha voz acabe
mas meu amor por ti acabará jamais
Quero tocar-te como o vento
tuas palavras, mesmo sem falar
não quero que isto seja um tormento
em todo instante e em todo lugar
quero dizer repetidamente
dizer de novo e dizer ao voltar
cada vez que te vejo
a dor por você não me amar
aumenta repetidamente
por não te ter e por tanto te amar...

Olhos nos olhos...


Olhos nos olhos,

Incendiados de paixão,

As nossas bocas em aproximação,

Línguas em danças de exploração,

Procuram a definição

De cada sensação.


Os corpos serpenteantes em explosão,

Os órgãos latejantes em exultação,

Mentes vagueando nessa perturbação

Física descontrolada em profusão,

Mais delirante que qualquer devastação,

Arrebentando a cada pulsação,

Nos arrepios da palpitação,

Na extasiante convulsão

Dos corpos em sobreposição,

Até ao momento da libertação

Da nossa escaldante fusão.


Olhos nos olhos,

Incendiados de paixão,

As nossas bocas em aproximação

Selam um beijo de satisfação.

Braços nos braços em junção

Adormecemos nesta bênção

De tu e eu estarmos em comunhão

Nesta harmoniosa imensidão

De desejos, prazeres e emoção.


E, descansados neste colchão,

Não receamos perder a razão

Pois nele consagramos a união

Dos corpos em adoração.

Esta é a nossa religião.

O amor é a nossa devoção.


sexta-feira, 20 de julho de 2007

AS ROSAS


Encantam-me as rosas,

elas são, para mim,

um carinho do Criador,

a sua maciez,

o perfume

a sua delicadeza,

fazem a mulher enternecida, delirar,

ao receber uma rosa de um amante...


A rosas tem as suas nuances e particularidades,

a vermelha com a branca, expressam a unidade,

só a vermelha, o amor, que toca o coração...


A de cor rosa simboliza a gratidão,

o prenúncio da fidelidade!

Tem rosa cor-de-laranja representa

a perene lembrança do amor distante!

Entre toda essa beleza

Vem a rosa branca, representa a pureza,

Duas rosas unida uma a outra e na parte inferior

é a concretização de um amor!


Assim, as rosas têm as suas realidades,

simbolizam a grandeza,

são no âmbito da natureza,

a concretização do amor

e da sua verdade.

Quando, na solidão, sinto-me sozinho

procuro visitar o mais próximo jardim,

lá, ao relembrar o meu amor,

toco-as com carinho

Homenagem As vÍtimas Do Acidente do Voo Da Tam


Hoje, o poema se veste de negro

Perde o brilho das cores

A magia da vida...

Perde o sonho do recomeço

A esperança do reencontro

E voa junto com tantas vidas

... Perdidas!


Hoje, o poema sangra

Grita! Chora!

Vidas foram embora!

E Sangra a dor de muitos pais

De muitos filhos

Netos... Amigos

Maridos e esposas

Sangra uma viagem sem volta

Tragédia...

... Morte!


Hoje...

O poema é um lamento...

Jura-me...


Jura-me , apesar da distância.

Mesmo não vendo teus olhos.

Acreditarei

Se por um momento apenas

ficar em silêncio ...

escutarei !


Os passos da tua alma com a minha.

Teu coração batendo em meu peito.

Teu rosto colado ao meu ,

sentirei !


Jura-me , apesar da distância,

o pensamento embalar ...

Será o sal do meu remédio,

meu antídoto !

Viverei ...


Jura-me , é tempo ainda !

De ficar em silêncio ,

de fechar os olhos,

sonhar , sonhar, sonhar !

Apesar da distância,

suportarei ...


Apesar dos dias lentos .

Das noites longas ,

dos minutos nos dedos contados...

Esperarei !


Jura-me ,

ficar em silêncio apenas !

Por mais longe que estejas .

Ao teu lado estarei


quinta-feira, 19 de julho de 2007

Chame-Me ...


Apenas me chame,

não importa por qual nome

Me chame sempre.

Quando seu coração estiver

sentindo o frio do vazio,

Me chame para ser seu

Cúmplice em seus desafios

Me chame para escutar seu canto

Me chame para ver as estrelas

para sentir o valor de sua amizade

Me chame quando seus olhos

molharem seu rosto,

quando seus ombros estiverem pesados,

quando sua mente estiver cansada

quando o sol da manhã

não iluminar seus sonhos

Me chame quando seu sorriso

tomar conta de sua alma

Me chame para partilhar seus momentos,

Me chame para dar-me suas mãos

e segurar as minhas,

Me chame a qualquer hora,

e querendo que eu esteja sempre

com um largo sorriso ao seu lado

ou simplesmente fique ao seu lado,

compartilhando dos seu sentimentos.

Simplesmente...Me chame.

Rosa Vermelha


Rosas! No meu jardim

onde cultivo milhares delas,

vermelhas, brancas, amarelas...

Cada uma, é o que é, uma flor!

Mas, nas tuas mãos

esta que ora envio,

se entenderes a minha sedução,

e aceitares o meu desafio

junto ao teu coração.


Espero, é onde irás guardá-la,

embora por um tempo efémero,

até que murchem as pétalas,

evapore o perfume,

desbote a cor,

para tornar-se então uma terna,

eterna e doce lembrança.


Símbolo de um tempo, que por sua magia

jamais se esquece.

Toma, é tua esta rosa vermelha!

Que ela seja portadora

da admiração, do carinho e do amor

que de mim mereces!


(Walter P. Pimentel)

quarta-feira, 18 de julho de 2007

Hoje...


Hoje quero te oferecer flores,

é difícil porém escolher qual

devo dar-te.

seria o lírio branco da paz?

da paz que nós vivemos no

nosso dia a dia?


Seriam orquídeas?

belas e suaves, combinam com a

suavidade da tua pele,

porem são frágeis

e logo morrem...


Já sei, dar-te-ei as

damas da noite, que

estarão embriagando corações

com seu incomparável

e inebriante perfume...

não, pois durante o dia

ninguém se lembrará que elas

existem.


Sim te darei rosas,

rosas vermelhas

que representam amor,

desejo, paixão...


Te darei uma flor,

uma flor criada por mim

que tem a paz do lírio

a suavidade da orquídea

o perfume da dama da noite

a paixão das rosas.


Ela se chamará Amor

o amor que nós queremos

o amor que nós vivemos...

O Amor...





"Se você conseguir,
em pensamento,
sentir o cheiro da pessoa
como se ela estivesse
ali do seu lado...

Se você achar a pessoa
maravilhosamente linda,
mesmo ela estando de pijamas velhos,
chinelos de dedo
e cabelos emaranhados...

Se você não consegue
trabalhar direito o dia todo,
ansioso pelo encontro
que está marcado para a noite...

Se você não consegue imaginar,
de maneira nenhuma,
um futuro sem a pessoa ao seu lado...

Se você tiver a certeza
que vai ver a outra envelhecendo e,
mesmo assim, tiver a convicção
que vai continuar sendo louco por ela...


Se você preferir morrer,
antes de ver a outra partindo:
é o amor que chegou na sua vida.
É uma dádiva.

Muitas pessoas apaixonam-se muitas vezes na vida,
mas poucas amam ou encontram um amor verdadeiro.
Ou às vezes encontram e,
por não prestarem atenção nesses sinais,
deixam o amor passar,
sem deixá-lo acontecer verdadeiramente.
É o livre-arbítrio.
Por isso, preste atenção nos sinais
- não deixe que as loucuras
do dia-a-dia o deixem cego para a melhor coisa da vida:
o Amor."


(Carlos Drummond de Andrade)

terça-feira, 17 de julho de 2007

Distância...


Tanto tempo longe

Tanto tempo sem se ver

Eu sei faz doer

Tantas noites longas

Sem carinho e sem prazer

Eu sei faz doer

Mas não fique triste amor

Eu logo vou voltar

E todo o meu coração te entregar

A distância não irá

Nossas vidas separar

pois você me quer

E eu te quero também

Não importa aonde eu estiver

Pode vir o que vier

Nada vai destruir

Esse amor que já criou raiz

Vou seguir viagem

Com o coração querendo mais, de você

Levo na bagagem

Os momentos lindos entre eu e você

Mas não fique triste amor

Eu logo vou voltar

E todo meu coração te entregar


(Os Travessos)

Master Of Chant - The Sound Of Silence

segunda-feira, 16 de julho de 2007

Sє єµ fossє µм αηjo...


Єµ tгαгiα α ραz αo sєµ coгαção

Єµ tгαηsfoгмαгiα α ρoмbα đα Pαz

єм ρέtαlαs đє гosαs ρєгfµмαđαs đє αмoг,

ємbαlαηđo α sµα viđα єм µмα єtєгηα vαlsα đє αмoг.


Sє єµ fossє µм αηjo...

Єµ đєixαгiα o αzµl đo cέµ єstгєlαđo coм o

vєгđє đo мαг ρєгcoггєгєм α sµα мєηtє

є αssiм αs lємbгαηçαs tгistєs iгiαм đαг αđєµs à você.


Sє єµ fossє µм αηjo...

Єµ єscгєvєгiα єм lєtгαs siηgєlαs

є мµlticoloгiđαs o qµαηto você мєгєcє sєг fєliz

Є єssαs lєtгαs jαмαis sєгiαм αραgαđαs

Єlαs sєгiαм єtєгηαs.


Sє єµ fossє µм αηjo fαгiα você αcгєđitαг

qµє α fєliciđαđє chєgαгá

є αssiм você ηєм ρєгcєbєгá

qµє os мoмєηtos αηgµstiαηtєs qµє ραгєciαм єtєгηos

єгαм siηαis ραгα foгtαlєcєг o sєµ sєг iηtєгioг.


Sє єµ fossє µм αηjo...

Єµ sєгiα tєstємµηhα đє qµє o sєµ soггiso sє

toгηαгá αiηđα мαis đocє

є qµє α sµα boηđαđє ficαгá єtєгηαмєηtє

єstαмραđα єм oµtгαs αlмαs.

Seja Simplesmente Você

domingo, 15 de julho de 2007

Quando vier me visitar...


Quando vier me visitar,
Traga flores, muitas delas...
Porém, não me traga apenas flores:
Não se esqueça de juntar a elas
A beleza do seu sorriso,
A ternura do seu olhar,
A força do seu abraço,
O calor dos seus beijos...

Quando vier me visitar,
Traga flores, muitas delas...
Mas não se esqueça de tirar-lhes
Os espinhos que machucam,
As flores envelhecidas,
Os galhos secos,
As dores embutidas...

Quando vier me visitar,
Traga flores, muitas delas...
Perfumadas, coloridas, alegres:
Todas parecidas com você!

Quando vier me visitar,
Traga você por inteiro...

As flores?
Nem sei se vai precisar!!!


( Débora Bellentani )

Te Amei Demais...




Te amei demais, e me perdi neste amor.
Te amei demais, e esqueci de viver.
Me entregando inteiramente a ti,
Acabei por anular a mim.

E agora encontro perdido num labirinto.
Como posso viver assim!
Estou sem rumo e direcção.
Desmoronou todo um castelo,
que julgara ser eterno e belo.

Investi meu coração,
deixei de lado a razão,
e agora estou em suas mãos.

Por onde vou recomeçar!
Qual meu ponto de partida!
Preciso de uma saída.

(Ataíde Lemos)

sábado, 14 de julho de 2007

SEM LEME


Sabe quando falta o ar

e o tempo pára pra você?

Quando é manhã

e ninguém mais vê?

Sabe como é amar assim

sem saída?

O corpo que dói na despedida

Rolando sem sal, sem mar

A cama marolando

o gosto doce do gozar

Nas mãos do grande menino

Vi o sorriso ingênuo

invadir maligno

apressando os faróis

espantando os corais

dizendo é hora de vagar

Sabe como é amar assim

sem saída?

Quando a alma treme

E o suor despeja de vida

A voz num sussurro, geme

E o pensamento fica assim

sem leme, sem saída?

A parte mais calorosa do ser

sendo inteiramente acolhida

Sem ilha, sem paz, sem leme

Dizendo adeus para sempre

Para sempre partida.
(Sheilla Alves)

Simples mortais...


Nas sombras da dor e saudade

Vivo esperando uma luz

Que possa um dia talvez

Morar no meu cansado e triste coração

Que bate e sobrevive agarrado

A forças não existentes em terra firme

Que talvez já não perceba a futilidade de não perceber

Onde começa um dia e termina o outro..

Ah! Se eu pudesse ser mais do que sou

Enxergar do mundo

Muito mais do que meus olhos podem ver

Se eu soubesse que a vida

Não é apenas uma viagem sombria

Que a cada passo termina deixando marcas

Que quem sabe em outras vidas,

Sejam exemplos de força e coragem...

O universo gira para que tudo mude

Para que todos nós seres humanos

De inteligência extraordinária

Possamos mostrar uns prós outros

Que nossa existência faça algum sentido

Errando ou acertando

Mas que apesar de tudo

Somos além da vida

Simples Mortais...

sexta-feira, 13 de julho de 2007

Saudades de você....


É espantoso quantas vezes

eu penso em você,

me volto para falar com você

e percebo que você não está presente

como eu queria que estivesse.



Acho que eu levo você tão

presente no pensamento

que é difícil, às vezes,

entender porque você não está

por perto em pessoa.



Mas eu queria que você soubesse

que estou pensando em você,

querendo conversar com você

e apenas estar junto por algum tempo

pois você faz tanta falta

Adotarei o amor...


Adotarei o amor por companheiro
e o escutarei cantando,
e o beberei como vinho,
e o usarei como vestimenta.

Na aurora, o amor me acordará
e me conduzirá aos prados distantes.

Ao meio dia, conduzir-me-á à sombra das árvores
onde me protegerei do sol como os pássaros.

Ao entardecer conduzir-me-á ao poente,
onde ouvirei a melodia da natureza
despedindo-se da luz,
e contemplarei as sombras da quietude
adejando no espaço.

À noite, o amor abraçar-me-á,
e sonharei com os mundos superiores
onde moram as almas dos enamorados e dos poetas.

Na primavera, andarei com o amor, lado a lado,
e cantaremos juntos entre as colinas;
e seguiremos as pegadas da vida,
que são as violetas e as margaridas;
e beberemos a água da chuva,
acumulada nos poços,
em taças feitas de narciso e lírios.

No verão, deitar-me-ei ao lado do amor
sobre camas feitas com feixes de espigas,
tendo o firmamento por cobertor e a lua
e as estrelas por companheiras.

No outono, irei com o amor aos vinhedos
e nos sentaremos no lagar,
e contemplaremos as árvores se despindo
das suas vestimentas douradas
e os bandos de aves migratórias
voando para as costas do mar.

No inverno, sentar-me-ei com o amor diante
da lareira e conversaremos
sobre os acontecimentos dos séculos
e os anais das nações e povos.

O amor será meu tutor na juventude,
meu apoio na maturidade,
e meu consolo na velhice.

O amor permanecerá comigo até o fim da vida,
até que a morte chegue,
e a mão de Deus nos reuna de novo


(Gibran Khalil Gibran)

quinta-feira, 12 de julho de 2007

A marca de uma lágrima


Foi em um simples papel

que comecei a colocar

os desabafos de meu coração...

Palavras que respondiam os meus sentimentos,

que denunciam minhas vontades.

Uma lágrima sem razão rolou dos meus olhos

e caiu sobre a palavra amor...

Ai percebi que:

Os meus olhos choram por amor.

Lágrimas que nascem lá do coração,

que a alma aprova,

pois as lágrimas nos fortalecem.

"Uma pessoa que não chora,

tem mil motivos para chorar..."

Segurar as lágrimas é o mesmo

que pedir para parar o tempo.

O amor nos faz chorar,

porque é o sentimento mais forte

que existe na lei da vida.

Minha poesia ficou com uma marca,

a marca de um amor expressado em uma

Marca de Uma Lágrima.


VOCÊ...


Você foi o maior dos meus casos

De todos os abraços o que eu nunca esqueci

Você foi dos amores que eu tive

O mais complicado e o mais simples pra mim.

Você foi o melhor dos meus erros

A mais estranha história que alguém já escreveu

E é por essas e outras que a minha saudade

Faz lembrar de tudo outra vez.

Você foi a mentira sincera

Brincadeira mais séria que me aconteceu

Você foi o caso mais antigo

O amor mais amigo que me apareceu

Das lembranças que eu trago na vida

Você é a saudade que eu gosto de ter

Só assim sinto você bem perto de mim outra vez.

Esqueci de tentar te esquecer

Resolvi te querer por querer

Decidi te lembrar quantas vezes eu tenha vontade

Sem nada perder.Você foi toda a felicidade

Você foi a maldade que só me fez bem

Você foi o melhor dos meus planos

E o pior dos enganos que eu pude fazer

Das lembranças que eu trago na vida

Você é a saudade que eu gosto de ter

Só assim sinto você bem perto de mim outra vez.

¸.*°эїє°*.¸¸.*°Qµεгια sεг cσмσ µмα вσгвσlετα,¸.*°эїє°*.¸¸.*°


¸.*°эїє°*.¸¸.*°эїє°*.¸ 


Qµεгια sεг cσмσ µмα вσгвσlετα,

A τεsταг τεµs σlћσs,α vσαг

βгιηđαηđσ, cσм cσгεs

A τµα vιđα sεм cαlσг

Pεгfµмαг τµαs ησιτεs

Cσм σ cћειгσ đσ αмσг

Pгεεηcћεг τεµs вгαςσs

Cσм мεµ cσгρσ

βειjαг α τµα ρεlε

Nα αlτµгα đε τεµ ρειτσ

Esτгειταг µм jειτσ,đε вειjαг.


¸.*°эїє°*.¸


Aвгιг µмα jαηεlα,Þαгα εητгαг

σ σгvαlћσ đα мαđгµgαđα,

デιгαг τµα ρσsε,cσм µм гιsσ

Vσαг ραгα τεµs вгαςσs

Cσмσ µм гεfµgισ α τεмρεsταđε đε đεsεjσ

Cσηsµмιг-τε α cαđα вειjσ

Cгαvαηđσ µмα đαηςα, cσм мιηћα

vσz ηα τµα gαгgαητα

Tεµ gσsτσ мσгησ

A εηlσµqµεcεг мεµ cσгρσ

Vσαг, ραssεαг мιηћαs мãσs

cσηћεcεηđσ α мαcιεz đα τµα ρεlε.


¸.*°эїє°*.¸¸.*°эїє°*.¸

quarta-feira, 11 de julho de 2007

Se um dia...


Se o manto da noite chegar

e envolver a luz do seu doce olhar,

Se um dia não for mais possível

o nascer do sol contemplar,

não desista de sorrir...

Sinta o milagre da vida,

valorize o existir;

deixe o brilho das estrelas

o seu viver conduzir.

Mas, se o frio do inverno

sua alma enrigecer ...

recorra ao fogo do amor

que a tudo faz aquecer...

Se um dia, o espelho revelar

estranha e nova aparência,

procure na consciência,

nos arquivos dessa vida

sua imagem mais querida ...

porque os cabelos brancos,

e até a pele enrugada

fazem parte de um momento,

do estágio de um tempo,

de peregrina jornada.


(Claudenice Rosário)

O AMOR


Eu queria tanto fechar os olhos e sonhar...

Eu queria tanto neste mundo secreto, apenas te olhar.

Eu queria sofrer, correr, viver, me entristecer

Menos... Chorar!

Eu poderia fechar os olhos e a realidade enganar

Mas não adiantaria, pois só me faria pensar.

Eu queria paz, alegria, um momento.

Eu queria otimismo, surpresa, um pensamento.

Eu queria até mesmo fugir...

Desistir... Mas nunca deixar de sorrir.

Será que eu queria algo mais?

Talvez tudo isto já fosse demais!

Acho que a natureza é o mundo

Mesmo que triste e profundo.

Acho que o sonho é o nada...

Numa noite quieta e calada.

Eu queria de tudo um pouco...

Das pessoas... A confiança!

Da natureza... A esperança!

E dos sonhos... A lembrança.

Eu queria do pouco o tudo...

Da vida... O otimismo.

Da alegria... Um sorriso.

Da paz... A harmonia.

Da poesia... A fantasia.

O mundo é tão cheio de dor

Resumindo tudo...

Eu queria apenas...

O amor!

terça-feira, 10 de julho de 2007

Só para estar junto de você...


As batidas do meu coração aceleram,
penso em você.
Em tudo que vivenciamos até agora,
em tudo que ainda nos resta vivenciar.
Nos sonhos que sonhamos,
nas juras de Amor.
Amor para mim é isso...
tem que pulsar!
Tem a paz que encontro no teu sorrir,
o calor exacto das suas mãos.
Amor é essa calmaria que
encontro em você, quando falamos,
quando juntos estamos.
É ver a noite se tornar
madrugada de repente,
pelas horas não percebidas.
É ver a mesma noite se arrastar,
quando não vem.
Amor é ter você, durante e
em cada tarefa que concluo.
É ver você,
não importando muito
para onde vai o meu olhar...
Porque, geralmente,
eles não enxergam o que olham,
sempre enxergam você.
É sentir você em cada algo que toco,
amar você é isso aqui,
enquanto você aí,
eu aqui...
Escrevendo do meu amor por ti,
só para estar junto de ti.

Vivo por ela...


Quando a gente ama alguém de verdade
Esse amor não se esquece
O tempo passa, tudo passa, mas no peito
Esse amor permanece
E qualquer momento longe é demais
A saudade atormenta
Mas qualquer minuto perto é bom demais
E o amor só aumenta

Vivo por ela
Ninguém duvida
Porque ela é tudo
Na minha vida

Eu nunca imaginei que houvesse no mundo
Um amor desse jeito
Do tipo que quando se tem não se sabe
Se cabe no peito

Mas eu posso dizer que sei o que é ter
Um amor de verdade
E um amor assim eu sei que é pra sempre
É pra eternidade

Vivo por ela
Ninguém duvida
Porque ela é tudo
Na minha vida

Quem ama não esquece quem ama
O amor é assim
Eu tenho esquecido de mim
Mas dela eu nunca me esqueço

Por ela esse amor infinito
O amor mais bonito
É assim nosso amor sem limite
O maior e mais forte que existe