quinta-feira, 31 de maio de 2012

Seus Beijos...


Ah! Que beijos...
Molhados, gostosos, quentes...
Ah! Seus beijos...
Como eram excitantes os
sedosos lábios seus.
Sim! Eles foram só meus.
Nas noites enluaradas,
em sol ardente, na chuva ou frio,
ficava muito seguro,
ao tocar a sua boca com
esses beijos somente seus.
E por que não dizer,
beijos que eram meus.
Alguém nos olhava tentando nos censurar.
E a medida que nos aproximávamos,
com aquele calor de paixão,
só esses beijos declaravam
ternura e emoção.
Ah! Nossos beijos...


WalDEMAR LC MOREIRA®


O Brilho do Teu Olhar


Alma Gêmea da Minha!


quarta-feira, 30 de maio de 2012

“LUA DOS NAMORADOS”.



A lua cheia dos namorados,
refletindo os raios dourados,
clareando a mata escura.
É uma paisagem apaixonante,
enfeitando a vida dos amantes,
com muito amor e muita ternura.
 
A noite chega e ao afago,
deitados na beira do lago,
os apaixonados namorados.
Entre beijos e carinhos,
juras de amor bem juntinhos,
observando a lua extasiados.
 
A noite vai escurecendo,
com a lua se escondendo,
lá no longínquo horizonte.
Os namorados sorridentes,
reverenciam a lua poente,
se escondendo atrás do monte.
 
Só restou a lembrança da natureza,
a paisagem e a estonteante beleza,
do cenário romântico abençoado.
Lua, mata e cascata foram os enfeites,
personagens para o gostoso deleite.
dos namorados eternos apaixonados.
 

Armando Lemes

Eu queria você...



Eu queria mais que um sorriso,
Mais que um aperto de mão.
Eu queria mais que um aceno
Queria o seu coração.

Eu queria um poema romântico,
De um encontro inesquecível.
Eu queria o  teu toque...
Teu jeito tão meigo e sensível.

Um abraço teu...
Um sorriso falante...
Eu queria você
Para sermos amantes.

Numa história real de um conto de fadas.
Falar mais que bobagem,
 Sussurrar as verdades aos ouvidos teus.

Se o seu amor fosse meu...
Seria tão feliz ao lado teu...
Este amante tão bobo,
Só sorrir livremente, pra acompanhar o sorriso teu.
Este bobo amante,
Só queria está nos braços teu.


Edilson Rodrigues

terça-feira, 29 de maio de 2012

“AMOR DE ADOLESCENTE”.


No auge de seus 14 anos,
uma flor desabrochando,
abrindo as suas pétalas.
Um sonho a despertar,
um coração para amar,
a paixão de um poeta.

Seu primeiro namorado,
o primeiro beijo dado,
em festa seu coração.
É como uma rosa ao nascer,
a roseira vai florescer,
logo depois vem o botão.

Um amor ainda inocente.
o amor que marca a gente,
nunca mais a gente esquece.
As vezes é amor passageiro,
que transforma em verdadeiro,
e o coração resplandece.

O amor de adolescente,
amor que permanece presente,
por toda a nossa vida.
Você chega à juventude,
com amor e com saúde,
e a sua mulher querida.

Com o tempo a vida amadurece,
mas você nunca mais esquece,
o amor está sempre presente.
O destino é uma carta marcada,
por mais que esteja desbotada,
faz relembrar o amor de adolescente.


Armando Lemes

Amar é lindo demais...



(...) tristeza com certeza
é buscar a vontade,
e, não encontrar;
inquietude, ansiedade
querendo chorar;
se o pranto não sai,
dói demais e dentro
causa sofrimento,
sentimento, tormento,
lamento, me prendem,
quando não sei entender,
mas não deixo de amar;
a madrugada sabe
me consolar, na lua nua
ou n'agua do mar;
desenho um sorriso,
faço um pedido e
deixo a tristeza por lá;
o amor é lindo,
as vezes, me fragilizo
apaixonada admito;
na estrela te sinto
e, continuo a te amar.


Marisa de Medeiros

segunda-feira, 28 de maio de 2012

Pensar teu olhar...



teu olhar faz-me sonhar na
intensidade que é pensar
nesse olhar que me fascina
e devora-me num
patamar real com efeitos
colaterais de sentir os desejos
nos beijos e ais que
soluçam emoções e
convergem em tua direção;
a timidez e ousadia de
um coração enlouquecido,
fatal, quiçá, letal;
imaginação recorrente e
pertinente, apodera-se
do ninho mágico onde
o canto dos pássaros
ovacionam e aconchegam
nosso amor tão cheio de
incertezas e tão certo na
liberdade de amar
apaixonadamente.


Marisa de Medeiros

Diga teu nome


sábado, 26 de maio de 2012

É simplesmente teu sorriso



Ah brilho criativo de um universo nascendo!
É este seu sorriso de criança marota
Cuja centelhas de alegria de tua boca
Me refez radiante sobre as trevas morrendo.

É neste esplendor e tão nele somente:
não vejo malícia, nenhum erro ou cilada.
Nele, eu fito minha admiração velada,
guardando segredos sagrados na mente.

É o mensageiro ideal do que eu preciso...
Visão do que é simples se tornando belo
pela ágil presença de teu elegante sorriso.

Que seja sempre espontâneo e singelo!
E que nem mesmo uivo vindo do abismo,
ensurdeça a felicidade que dele esmero.


Richard Gouveia

Ao olhar a Lua



Ao olhar a lua...
Paro e começo a Sonhar...
Lembrando do teu sorriso teus labios..
Eu começo a viajar.
Viajando em uma Viajem...
Sem rumo a trilhar...
Percebendo que a cada segundo...
Esse Amor vem a me tomar.
Eu ja nem luto mais contra esse Amor...
Ja me entrego por inteiro...
Pois ja não tenho mais forças...
Contra esse Amor verdadeiro.
E quando vejo que estás longe de mim...
Volto a essa lua simples a olhar...
Pois quando fecho os olhos tenho Você...
Perto de mim para sempre te Amar.


Trevisoli

sexta-feira, 25 de maio de 2012

Meu Amor, Quero Te Amar Até O Fim!



Hoje quero te falar hoje mesmo
Cheio de meu grande Temor.
Porque tenho o Sentimento por Ti
Para que eu te ame cheio de Vigor.

Tudo o que eu mais quero
É te respeitar neste instante.
Para dar-te um Carinho Real
E que para mim Tu És Importante.

Quando me conheceste antes
Conquistastes o meu coração.
Pois eu sei o quanto me amas
Mas demonstraste a sua Dedicação.

Seguirei os teus passos firmes
Por onde quer que voc vai.
O meu sentimento por Ti
É uma palavra que de mim não sai.

És Uma Flor Linda do Jardim
Aquela que um jardineiro possa cuidar.
Porque eu quero fazer isto mesmo
Mas também que eu quero na hora é te amar.

Declamo-te nestes versos singelos
Que Tu És Importante Para Mim.
Com estas minhas palavras, dizendo:
"Meu Amor, Quero Te Amar Até O Fim!"


Roberto Leal

Soneto ao teu sorriso



Teu sorriso é uma livre criança marota,
o brilho criativo de um universo nascendo.
Onde a mais densa treva se vê perecendo
nas centelhas de alegria vindas de tua boca.

É neste esplendor e tão nele somente:
não vejo malícia, nenhum erro ou cilada.
Nele, eu fito minha admiração velada,
pactuando segredos selados com a mente.

É o mensageiro ideal do que eu preciso...
Visão do que é simples se tornando belo
pela elegância presente em teu ágil sorriso.

Que seja sempre espontâneo e singelo!
E que nem mesmo uivo vindo do abismo,
ensurdeça a felicidade que dele esmero.


Richard Gouveia

quinta-feira, 24 de maio de 2012

Amar-te todo tempo...



saudade não requer tempo;
amar-te todo tempo já faz
parte como noite e dia;
te quero no firmamento,
amar no mar imenso;
cordilheira de sentimentos,
cachoeira, águas cristalinas;
estrelas meninas,
lua, brilhante colombina;
conchinhas recheadas de
um coração acelerado,
brilho dourado nos
olhos da emoção;
arco íris pintando a
madrugada com cores,
sons e ritmos, amor arisco
na mais suave aquarela
e, na meiguice dos sonhos
apaixonados e inacabados;
meu amor, eu te amo ilimitado
na amplitude da eternidade.


Marisa de Medeiros

ACORRENTADOS PELO AMOR


Estamos como que acorrentados,
com meu coração paralizado,
envolvido com tua sedução,
de carinho e amor transtornado,
atados pela paixão,
cedendo à  irresistível atração...
Acorrentamo-nos com  poesia,
na inspiração de todo dia,
e unidos nesta nossa emoção,
sentimos bater forte nosso coração...
Entre correntes de amor,
presos em seus elos, seja como for...
Ate-se entre os laços de meus braços,
e assim, entre abraços,
preso estou em teus laços,
e apaixonados ficamos nesses entrelaços...
Entrelaçamo-nos pelas pernas, pelos braços...
Entre os elos da corrente, ficamos entrelaçados...
E para sempre assim  laçados...
Entrelaçamo-nos, apaixonados...


Marcial Salaverry

quarta-feira, 23 de maio de 2012

Queria perder-me



Queria perder-me
no som da tua voz,
por entre os olhares da multidão,
nas palavras que formam as minhas!
Queria perder-me ao fechar os olhos
para saber quem és tu
no alcance das nuvens
que tocam as estrelas
onde fico a morar em breves instantes,
para me encontrar no beijo
dos teus abraços…


Helena Correia

Amor



Amor não é isso que você me fala,
À tarde, debaixo da escada,
No prédio abandonado.
Amor é outra coisa e eu bem sei,
Só não sei te explicar
Porque não tenho as palavras certas,
As palavras dos poetas,
Que fazem a gente sentir
Até mais que havia antes.
Só sei te mostrar os sintomas,
As mãos suadas
A cara de tonta.
Amor é esse estômago embrulhado,
É o olho inchado
Da não poder dormir.
É a dor que nenhum remédio cura,
É a sala escura
Do meu existir.
Sei que nunca mais firmei
Minhas pernas
E que também são eternas
As expectativas.
Sei que é forte e que mata,
Mas que ressuscita
E ataca
Nesse ir e vir.


Flávia Marques

terça-feira, 22 de maio de 2012

Por Amor



Jamais pensei versos fazer
Muito menos ser cantador
Mas sempre achei bem dizer
Das coisas bonitas do amor

Digo que a boa dor que ele causa
Faz um estrago tremendo na gente
Deixa uma marca riscada na alma
Que nem cicatriz, à ferro quente

As mãos começam a suar frio
Não dá mais vontade de comer
Quando ele chega, um arrepio
Oh Deus, quão difícil conter !!!

A gente só lembra de um nome
E acaba perdendo, de vez, a noção
Ele vem não se sabe de onde
Num jeito firme ou de tropeção

Quando é feio, parece bonito
Em azul, o cinza se transforma
O amor é à prova de conflitos
Sem regras, escritas ou normas

Mas o amor tem que ser um só
Não é difícil reconhecer
Que como nos tempos do filó,
Precisa ser, de vera mesmo,
Pra valer



Germano Ribeiro

Amar escaldado



Já pelejei pelo amor como se fosse,
Um vigoroso lutador de vale-tudo;
Derrubei os rivais com gosto doce,
Ganhei, mas o cinturão estraviou-se,
Fui campeão derrotado, contudo...

Já usei os truques de  grande mago,
Fazendo desaparecer meus defeitos;
Mas, depois, foi bem maior o estrago,
O prometido, em tempo não foi pago,
Mister M, desnudou os meus jeitos...

Prometi a lua sem um palmo de terra,
E a droga da promessa soou eficaz;
Entre mentir e crer, quem mais erra?
A urgência dos tempos de guerra,
Vira loucura nos dias que reina a paz...

Agora não luto, engano, ou prometo,
Que o amor venha, suave como pluma;
Se não vier sobrevivo em meu gueto,
Só não vou pintar de branco o preto,
Como sou, se quiser ela me assuma...

Que ameixas caiam sozinhas maduras ,
E teu desejo despreze suas vestes;
Que as posses bastem à tua procura,
E o próprio querer seja uma silente jura,
De ser fiel às razões pelas quais viestes...


Leonel Santos

segunda-feira, 21 de maio de 2012

A semente do amor.



Você chegou para afagar a dor
Para me trazer amor, que é o que importa,
e abre qualquer porta, de qualquer coração.

Quando você veio eu ja sabia,
Sabiá assuviou canção, de longe,
E até hoje não sei onde
encontrar o chão

Para lhe conquistar 'té fiz mistério
lá no ministério da emoção,
Para levantar cimento, achar sentimento
perdido no vão.

Mas não era nosso o sentimento,
e plantei semente no cimento,
Que hoje já é botão.

Virá a flor mais linda, eu te juro,
E ela há de te olhar por cima do muro...
do seu coração.


Night mary

Meu Coração Está Apaixonado Por Ti!



Quero falar-te agora mesmo
Cheio de toda a minha clareza.
Pois sabes que eu falarei hoje
Com toda a minha maior firmeza.

Porque meu Amor por Ti É Grande
E que sempre te amarei.
Demonstrando o meu Afeto
E também na hora te beijarei.

Tudo o que mais quero
É te amar com todo o fervor.
Para te beijar apaixonadamente
E sabes que te amarei com temor.

Quando me chamar pelo meu nome
Sabes que estarei sempre aqui.
Compartilhando o Amor Real
E quero estar muito perto de Ti.

Seguirei os teus passos
Por onde quer que você vai.
O meu sentimento que eu tenho
É uma palavra que de mim não sai.

Esta é uma das minhas palavras
De tudo o que eu escrevi aqui.
Pois sabes que eu estou falando mesmo
É Que O Meu Coração Está Apaixonado Por Ti!


Roberto Leal

domingo, 20 de maio de 2012

LOUCURA



Amar é coisa de loucos
Sou louca total, então
Entrego-me ao que sinto
Sem medo das conseqüências

Adoro o jeito que amo
Adoro o que jeito que me entrego
Sou toda tua, toda nua
Para ser completa, ser inteira

As loucuras que faço
São bem mais que sinto
São pensamento e desejos
Saindo de um único coração

E é pensando no que quero
Que vejo você, seu amor
E não me importo se acham que louca estou


Sempre apaixonada

Os teus olhos



Mesmo estando distante
 Com rugas, profundos,
 Tristes e orvalhados
Sempre vou ter em mente
 
Aqueles olhos que brilhavam
Quando me avistavam
Falavam sem pronunciar
Diziam sem falar
 
O silêncio do teu olhar
 Era o tradutor
Que traduzia todo amor
A me ver chegar
 
Nua e molhada do mar
Trazendo apenas minha flor
Para te entregar

 
sol pereira