quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

De amor sem fim...



amanheceu;
aqui, falando para mim,
de mim, de você
de nós...
no viva voz do
silêncio silente;
ouvindo
indelevelmente
sua presença
inconsciente;
ausência consistente
eloquente
ciente;
sol nascente
nascimento de
mais um dia;
no café da manhã,
tantos ontens;
no hoje,
todos os amanhãs;
sonho atrevido,
apaixonado
de um amor
esparramado,
distante,
iluminado de
você em mim
sem fim.


Marisa de Medeiros

Um grande amor



Um abraço forte
Para modificar emoções
Transformar meu mundo
Te deixar contente

Um abraço forte
Para derreter o gelo
Aquecer a terra
Germinar a semente

Um abraço forte
Para trincar a rocha
Brotar a água
Lavar a mente

Um abraço forte
Para trazer para nós
O big bang do amor
Erradicando a morte


sendoluzmaior

quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013

Você esta me fazendo falta....


Sinto que estou só,
Sem você me sinto perdida,
Seu carinho me faz falta,
Meus desejos me sufoca,
Meus dias estão triste sem você.

Ando pela noite escura,
Não vejo ninguém,
Não vejo você,
Meu peito chora a dor de sua ausência.

Sinto-me fraca,
Sem força para proseguir,
Me vejo sozinha,
Vou seguir meu destino.

Meu coração estará a te esperar,
Se um dia você voltar,
Me entregarei a você,
Pois só sei amar você.


maria jose

Amor doce amor



Saber viver sem você
Não tem porque
Pois no mundo onde vivo
Só me vejo junto de você;

O meu amor é doce
Doce que nem você
Que é minha razão de viver
Sempre perto de você;

Meu amor, meu grande amor
É tão doce que minha boca
Se enche de aguá
Quando te vê;

Mas minha saudade 
Só quer você para sempre
Pois meu amor 
É doce, amor doce amor.



washington luis lanfredi dias


terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

AMOR E PAIXÃO



Nesse teu semblante
De beleza estonteante
Mora a minha paixão
Bate o meu coração

Cabelos ao vento
Olhos um momento
Boca que murmura
Um te amo as alturas

Pele macia
Que se arrepia
A um toque sutil
Despertando amor febril

Te olho e não canso
Te amo e avanço
Deusa do universo
Louvo-te com versos

Inspirado por ti
Escrevo aqui
Loas a tua presença
Prisão sem sentença

Olho-te mais uma vez
Acaricio tua tez
Atração sempre viva
És a grande diva


Arjofe

Te Amarei Para Sempre!



Quero falar agora mesmo
Com toda a minha sinceridade.
Vou abrir o meu coração
Para que eu queira falar com simplicidade.

Desde que conquistaste o meu jeito de ser
Mas sabe me amar cheio de Compreensão.
O que eu mais quero de Ti que é
Aquela que se chama de Maior Atenção.

Transmitirei neste momento
O que é Amor Sublime.
Juntos compartilharemos agora
Mas sabes nosso Amor fique mais firme.

És A Mulher Perfeita
Que Deus deu para mim.
Declamo-te com estas palavras
O que te amarei até o fim.

Lembre-se de mim por onde for
E que estarei no seu coração.
Sabe que falarei aqui e agora
Para você quero fazer esta declaração.

Esta é a minha palavra certa
Que eu quero declarar novamente.
Sabes que eu vou falar-te, dizendo:
"Minha Querida, Te Amarei Para Sempre!"


Roberto Leal

segunda-feira, 25 de fevereiro de 2013

Teu olhar sonhando...



a espera se desespera;
utopias e quimeras no
encontro do desencontro,
busca e rebusca em volta
o fim do ponto final;
olhando a lua exclamativa,
linha de interrogações
dedilhando as dúvidas
com plena emoção;
sentimentos são estrelas
na leitura do coração;
insônia, as vezes, euforia
bailando na imaginação;
agrados da madrugada
faz-me acompanhada;
acostumada com o
laço do abraço,
perfeita interação;
fecho os olhos, enxergo
teu olhar sonhando,
também me vejo lá;
instante mágico no
espaço de amar;
exuberante lua cheia,
nos convidando a
fazer amor sob o luar.


Marisa de Medeiros

NO AZUL DO TEU OLHAR



Com seus olhos cor de anil
Rebuscou-me o infinito
E me deixou mergulhar
No azul do seu olhar
Céu e sonhos se confundiam
Boca e desejo se completavam
Nesta viagem  surreal
Por zonas abissais
Desconhecida por nós dois
Descoberta mútua
Completude de almas
Segurando –me pelas mãos
Me mostrou quanto pode se amar
De grande sutileza
Nem senti...quando vi
Estava envolvida
Em amor e paixão
Adeus tristeza
Não quero mais ser sozinha
Vou abrir o coração
Viver o bom do amor

(Vera Helena)

domingo, 24 de fevereiro de 2013

Amando sempre você...



e a lua que ia,
voltava se escondia,
parecia saber que
as lágrimas que em
mim caiam...
eram de amor por você;
esse vai e vem que a
lua tem, as vezes, não
sabe ninguém, anda
consolando e tem poder;
faz brilhar a mente
levando-me até você;
adentrando no sonho
que sonha sem querer,
transformando a
utopia na realidade
de surpreender você;
mistura tão pura de amor,
no desencontro das mãos,
escorre carícias, delícias e
malícias, certeza do querer;
acelerando o coração,
a lua... me cobre de você.


Marisa de Medeiros

APRENDI TE AMAR SILENCIOSAMENTE



Hoje é o meu dia
de ser feliz...
Quero te buscar
para vir comigo...
Quero te encontrar
o quanto antes...
E olhar nos teus olhos
cheios de mistérios...
Sem palavras, apenas
com um sorriso de
cumplicidade....
Aprendi te amar
silenciosamente....


Sheila Sávio

sábado, 23 de fevereiro de 2013

O AMOR, O SOL E A BRISA



O Sol, é como aquele amor que vem forte,
que nos aquece e domina nossa mente...
A Brisa, é aquele amor que vem mais suave...
chega devagar,
é quase um lenitivo para a alma...
Ambos são amores...
Ambos fazem parte da vida,
tornando-a melhor de ser vivida...
Ambos são amores...
Mas, na verdade, que são amores?
Qual poderá melhor para ser vivido,
para ser por toda a vida mantido?
O Sol?  A Brisa?
Permita-me apresentar-lhe os amores,
perguntando,  o que são amores?
O Sol, ou a Brisa?
O Sol que vem forte e nos queima,
ou a Brisa, que vem suavemente,
refrescando a alma,
que inebria e acalma?
Surgindo, devemos vive-los,
pois são amores,
e não podem ser relegados,
sejam ou não, aqueles apaixonados...



Marcial Salaverry

Comboio do amor



Para agradar  quem lha cerca,
Digere o prato que não quer;
Enquanto comigo a vida alterca,
Moteja, dizendo que eu perca,
Tempo, e sonhe c’outra mulher...

Desagrada, pois, o que me cerca,
E marca-me isso, onde eu estiver;
Meus anelos desilusão esterca,
O diabo diz que eu pule a cerca,
Mas, que vale o pitaco de Lucifer?

O amor longe, solidão se acerca,
Que se gabe das dores que trouxer;
Amor , não é metal que se merca,
É comboio que alheio se embarca,
Para seja lá o que Deus quiser...


Leonel Santos

Dazkarieh - Olhos de Maré



Por ter visto o mar
Num olhar de quem nunca o viu
Por ter ido atrás
Dos olhos de maré

Sou capaz de andar
Sobre um mar que nunca existiu
Mas não sou capaz
De ir mantendo a fé

Vão nascer manhãs por trás daquelas canções
Quer daí das ondas do mar
Quero as irmãs ao ver os seus corações
Com medo de naufragar

Pedras e vulcões vão lançar o seu coração
Para dentro do céu que fiz nascer em mim
Os seus corações é que me escolhem por vulcão
E para não ser eu melhor é ser assim

Ventos e marés vão fazer o sol naufragar
Na palma da mão que o mar não soube ler
E se tu não és esse sol que me quer queimar
Não verás então o mar que tento ser


Vão nascer manhãs por trás daquelas canções
Ocultas na dor de um beijo
Quero as irmãs ao ver os seus corações
Já mando medo ao desejo

Por ter visto o mar
Num olhar de quem nunca o viu
Por ter ido atrás
Dos olhos de maré

Sou capaz de andar
Sobre um mar que nunca existiu
Mas não sou capaz
De ir mantendo a fé

Pedras e vulcões vão lançar o seu coração
Para dentro do céu que fiz nascer em mim
Os seus corações é que me escolhem por vulcão
E para não ser eu melhor é ser assim

Ventos e marés vão fazer o sol naufragar
Na palma da mão que o mar não soube ler
E se tu não és esse sol que me quer queimar
Não verás então o mar que tento ser


PRIMEIRO OLHAR

sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013

O Importante É Te Amar!



Por isso, declaro que te amarei
Cheio de toda a minha alma.
Para que nós sejamos um só coração
Mas também possamos amar com calma.

Porque sabes que gosto de Ti
Desde a primeira vez que te vi.
És uma Moça Linda do Mundo
Quando eu te conheci.

Tudo o que mais quero
É demonstrar carinho.
Sem você na minha vida
Mas não estarei sozinho.

Quando eu estiver por perto
Conquistarei o seu sorriso.
Sabe o que eu desejo mesmo
É do teu Amor que eu preciso.

Seguirei os teus caminhos
Pois assim quero te acompanhar.
Ainda que eu fale agora
E que nos seus braços quero ficar.

Lembre-se de mim por onde for
Mas estará em meu pensamento.
Somente te amarei até o fim
O quanto demonstrarei a Ti meu sentimento.

Agora que sabe que eu declamo
O que eu acabei de falar.
Com estes versos quero dizer
Que O Importante É Te Amar!


Roberto Leal

Amar-te sem fim...



amar-te é uma verdade
sem entender,
um incógnita sem saber;
amor platônico, atônito
que importância tem se
não faz diferença nenhuma;
a lua cala, as rosas falam;
rotação no tempo exato,
translação num contraste
que o calendário faz arte,
parte de uma contagem
com ou sem estratégias,
as vezes, fere a ideologia,
abolindo a demagogia;
porque o amor entende e,
se estende em fatos, atos,
no tempo do tempo inexato;
alcança o espaço no
corpo e no coração;
almas gêmeas em evolução
quantas vidas preciso for,
amar-te-ei loucamente;
é teu o meu amor no
mar azul com o desespero
dos amantes, inseparáveis
pelo fio invisível da imortalidade.


Marisa de Medeiros

quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

SONETO DO AMOR



O gosto doce da espera,
a ânsia das horas de amor
trazem cheiro de primavera
num dia de forte calor.
 
O verão gritando lá fora 
não atinge meu corpo deitado,
e eu vejo chegar a hora
de ter meu homem amado.
 
A emoção de estar lado a lado,
o sabor do beijo molhado,
despertam a paixão da gente.
 
Abraçando seu corpo suado,
encosto meu corpo excitado
e sinto o seu atento e quente.


Cibele Carvalho