quinta-feira, 31 de outubro de 2013

O beijo e o queijo



Dê-me um beijo
que dou um queijo
beijo molhado
é queijo coalhado
beijo apressado
é queijo ralado
beijo com paixão
vale um parmesão
metade de beijo
é pedaço de queijo
beijo safado
é queijo assado
beijo com devoção
merece um requeijão

mas se quiser
o queijo e o pão
além do beijo
quero o coração.


Rangel Alves da Costa


Delírios do Amor



O sol se pôs diante do meu olhar
Terno, atraente e envolvente fez-me delirar.
Como febre acima dos 40 graus
Loucamente envolvida, paixão sem igual.
Como flores ansiosas pela primavera,
Fico toda angustiada, sofro a sua espera.
Uma chuvinha de verão,
Tempestuosa paixão.
Na beleza do outono
Estou aqui de novo,
Implorando-te amor
Um pouco de calor...
E é inverno agora,
Até os pássaros lá fora,
Fogem tentando se abrigar,
E eu exultante te aguardando a porta adentrar.



Gabi Alves


quarta-feira, 30 de outubro de 2013

Amor inteiro...



teu olhar dentro de mim
nunca vai apagar;
passa o tempo, o tempo passa,
madrugada, serenata,
barulho sutil no vão juízo,
me deixas louca, eu te preciso;
silêncio doce, suave, amargo,
amor exagerado,
triste, alegre, cansado,
sem igual apaixonado;
ah, coração dissimulado,
amor bandido impregnado
em todo meu ser;
teu jeito no meu jeito de ter;
magia de te sentir sem ver,
arrepio de te pensar sem
querer, certeza de te amar
mais que tudo, além da vida.


Marisa de Medeiros


AQUELE BEIJO



Quero senti,
Aquele beijo teu... Loucamente
Acariciar teu corpo
Cheio de desejo,
E querer-te para sempre.
Há meu amor vem saciar todo
Esse querer descontente
De não ter você
Sempre comigo!
Queira deixar- te um beijo
Acariciando meu rosto,
Na nossa longa despedida
Que não tem fim nenhum
Para acabar, nessa vida.


VIVIANE SCHILLER BALAU


terça-feira, 29 de outubro de 2013

Encantado e Secreto


Um amor inspirado
Com juras e furor
Um história linda do nosso amor
Meu conto de fadas
Encanta coração
Sonho acordada
Olhando ele chegar
Espero cantando
Em teus braços estar
Amor, doce é amor
A paixão me entorpece
Seja como for
Te espero/ vejo
Brindo tua chegada
Meu principe amado
Serei sua namorada
Em busca de mim
Encontro você
E um conto de fadas
Vamos junto, bem juntos viver


Cláudia Franco


Fica, meu amor...



(...) ouvir tua voz
no encontro de nós,
te pedindo pra ficar;
amor e sonho de cada dia
não carece acordar;
a tristeza vai embora e
novamente é hora de
amar e recomeçar,
fazer e refazer, sentir,
e deixar acontecer.


Marisa de Medeiros


segunda-feira, 28 de outubro de 2013

Tempestade de Amor



Estava numa grande tempestade
Numa confusão de sentimentos e pensamentos
Estava com medo, desamparada
Sem esperança de sobreviver

Mas de repente tudo mudou
E quando já sem forças me encontrava
Algo inesperado aconteceu....
No meio da tempestade você apareceu

Sem muitas palavras em seus braços me acolheu
E como num conto de fadas
A tempestade acalmou
Ou nesse momento morri
Ou o pesadelo terminou

E agora mesmo se vier
Outras tempestades
Terei seus braços para me protejer



Marcia Meis


Amor que te busca...



enquanto meus olhos em pranto
procura a luz do teu olhar;
uma voz acende, ilumina e
domina a mulher menina que
te busca em qualquer lugar;
doidivana arisca, rabisco e
arrisco beber teus beijos,
saciar a sede e a fome que
me consome só de te pensar
com desejo vadio, toques e
arrepios, êxtase de paixão
e sedução com maestria,
sensibilidade e sensualidade;
explosão de amor na absoluta
nudez coberta de descobertas
que o amor inventa, reinventa no
movimento do pensamento e,
sentir tudo outra vez, mais uma
vez na lucidez da minha loucura.


Marisa de Medeiros


domingo, 27 de outubro de 2013

Bate coração...



coração guerreiro,
boêmio, romântico,
seresteiro e sonhador;
ama sempre tanto,
se engana e sente dor;
atravessa fronteiras,
ultrapassa obstáculos,
cai no abismo,
voa como pássaro;
bate tão acelerado
que peço calma, pois,
sei que é por amor;
pulsa desesperado,
esse coração alado;
até quando durmo,
me leva para o amor,
nos sonhos inusitados
como fosse nômade;
no silêncio ama e
chora quando machucado.


Marisa de Medeiros


COMO UM DIAMANTE



Surgiste na minha vida como um diamante.
Jóia rara tão ambicionada, que eu descobri,
És a peça mais valiosa que sempre desejei
Possuir e que eu com coragem conquistei.

Não te vendo por preço nenhum a ninguém,
Tu és a jóia, meu talismã e bela inspiradora
Da minha poesia que escrevo no dia-a-dia,
P'ra aliviar minha vida, difícil e sofredora.

Vou colocar-te à cabeceira da minha cama,
P'ra te contemplar antes do meu anoitecer,
Sentir-me por ti acompanhado, ao acordar,
Quando com o nascer do sol o galo cantar.

Com os raios do sol, teu brilho ofuscará
Todas as outras jóias que me aparecerem
P'ra me seduzirem, que eu vou desprezar,
Por só a ti amar, e possuir, tanto desejar.


Ruy Serrano


sábado, 26 de outubro de 2013

ESSE TEU OLHAR



Senti teu olhar,
inquieto a me fitar...
Senti como teu desejo
me chamava para o amor,
querendo de meu corpo o calor...
Mal pude crer,
no que estava a acontecer...
Desde que te vi,
em teu olhar me perdi...
Fiquei fascinado,
imaginando inebriado,
ser para mim teu doce olhar...
Quando percebi
que com ele estavas a me chamar,
senti ímpetos de teu corpo abraçar,
teus lábios beijar,
e nosso amor completar...
Doce sereia,
que com teus encantos me enleia...
Se me queres, quero-te,
com igual ânsia desejo-te...
Venha para meus braços,
entrega-te a meus abraços...
Vamos satisfazer nossos desejos
com deliciosos beijos...


Marcial Salaverry


Livre e dependente...



noite, lua, estrelas,
madrugada faceira,
mar invisível, irresistível;
imaginação bailarina,
emoção menina,
desejo de mulher;
borboletando e te amando,
onde e como quiser,
tão livre e dependente do
teu amor dentro de mim;
no riacho de amar e amar,
pés cansados, andarilhos,
viajante buscando brilho
que só tem no teu olhar;
o amor faz-me voar,
em teu braços, o abraço,
tão risonho os meus sonhos;
ah, quisera não te amar,
desesperadamente assim.


Marisa de Medeiros


sexta-feira, 25 de outubro de 2013

O teu sorriso



Eu quero o teu sorriso sincero
Irradiando o dom da alegria.
Um semblante que tanto venero,
Musa da minha (e) terna poesia.

Tu és como um jardim florido,
O amanhecer sadio do sertão,
Cura dum ser que estava ferido,
Hoje é alegria - amor no coração.

Estou totalmente apaixonado,
Renovado por sentir algo assim,
Quero está sempre ao teu lado,
Ter você eternamente p’ra mim.

Farei de tudo para te fazer feliz,
Pois teu sorriso é um bem precioso.
É tudo o que eu sempre quis,
Um sorriso assim; carinhoso.



Elias Akhenaton


Sem você...



sem você,
dias sem incentivo,
noites sem romantismo,
estrelas sem brilho,
canção sem estribilho,
tristeza não deixa enxergar
toda beleza da natureza;
sem você,
a saudade faz alarde,
primavera sem perfume,
beija flor sem ciúme,
a dor assume o pranto,
lembranças em cada canto,
alegria em desencanto,
sofrimento tanto;
amar você,
é amor em quatro cantos,
se não te encontro
choro tanto e amo tão e
quanto além de mim.


Marisa de Medeiros


quinta-feira, 24 de outubro de 2013

ONDE A FLOR DO AMOR FLORESCE



Floresce em um coração apaixonado,
quando tem seu amor ao lado...
Floresce na alma de quem sabe amar,
de quem sabe ao amor se dedicar...
Floresce quando sentimos o amor chegar,
e a ele sabemos nos entregar,
amando com a força de nosso coração,
sentindo aquela suave emoção
que chega a nos dar uma grande comoção...
Floresce se soubermos nosso amor respeitar,
nunca deixando de amar,
não nos deixando dominar
por falsos sentimentos,
que nos trarão lamentos...
Floresce, enfim, se dele cuidarmos,
e com a água do carinho o regarmos...
Assim, o amor florescerá...
E feliz sobreviverá..



Marcial Salaverry


Até no olhar...



noite, madrugada,
como fosse dia sem fim;
um oceano de lágrimas
entre o mar bravio e a
tempestade em mim;
ventania de você,
até no olhar lindo, sereno,
imenso e pequeno;
cabe o mundo girando e
convergindo, penetrante
e infindo; impaciência,
incerteza, e dor;
nada se compara nem
é maior que o meu amor,
ilimitadamente por você.


Marisa de Medeiros


quarta-feira, 23 de outubro de 2013

SERÁ MELHOR SORRIR OU CHORAR?



Por que chorar?
Melhor será sorrir,
esperando o amor vir...
Melhor será amar,
e seu amor beijar...
Se sentir alguma tristeza,
ela passa, com certeza...
Vamos curtir nossa paixão,
sem pensar em possivel desilusão...
Eu vou lhe perdoar,
mesmo se você errar...
Quando sentir saudade,
chego, e lhe dou felicidade...
Com amor, esperanças renascem...
Pra que chorar?
Melhor será amar...
Sei que vai sorrir
quando meu beijo sentir...
Ou quando admirar a natureza,
e sua inefável beleza,
ou quando ler uma poesia de amor,
que lhe traga doce lembrança...
Sei que vai sorrir,
quando meu beijo sentir...
Esquecendo angústias sentidas
nas esperanças perdidas...
Então, querida,
para melhor viver a vida,
pra que chorar,
se é muito melhor amar...



Marcial Salaverry


A primazia do Amor...



O amor é a primazia da existência
Nele, está envolvida a consciência
De que a vida é seu valioso tesouro
E é o bem mais precioso que o ouro

O amor é a origem da eterna felicidade
Deixa a alma sedenta para viver e amar
Um sentimento que modifica a realidade
Transmuta o universo para a vida alegrar

Por isso que o amor mexe com o coração
Ele o faz pulsar sem controle da emoção
E o ser apaixonado entrega tudo que tem

Abre sua alma para a pessoa que quer bem
E, sem medo do desconhecido, vive o amor
Que o destino trouxe e deu à vida novo sabor



Silvanio Alves