sábado, 30 de junho de 2007

Declaração de Amor...


A primeira vez que ouvi sua voz
ela soou como melodia aos meus ouvidos.
Cada palavra dita era como um recitar
em perfeita sintonia com os meus sentidos.

A primeira vez que os meus olhos fitaram os seus
a noite se transformou em dia.
Quanto encantamento no brilho do seu olhar!
Um momento de pura sedução e magia.

A primeira vez que as nossas mãos se entrelaçaram
minha alma de felicidade parecia flutuar.
Sentindo tuas mãos quentes tocando as minhas
no dedilhar delicado do seu afagar.

A primeira vez que nossos lábios se tocaram
fui transportada para um mundo encantado.
Fechei os olhos e me entreguei
ao seu beijo deliciosamente molhado.

Ter seu corpo colado ao meu
é provar de todas as emoções.
Quero amá-lo com toda a intensidade
e sentir as mais loucas sensações.


Te Amo


*Ana Amélia*

Amor de cada dia...


Quero o seu amor por toda vida

por isto jamais estarei convencida

que para sempre terei o seu amor

Quero conquistar dia após dia seu coração

ser a razão da sua emoção

o seu desejo de amar

Quero ser a sua melhor companhia

nos momentos de dor e alegria

ouvir suas queixas e conquistas

Quero ser o seu chão firme

onde você pise e confirme

que aqui é seu lugar

Quero ser seu travesseiro

onde você encoste e ligeiro

relaxe e possa descansar

Quero ser o seu desejo

o prazer do seu beijo

a sua vontade de ficar

Quero acordar sempre do seu lado

fazer você o homem mais amado

e assim, todos meus dias viver

Quero sentir em você a certeza

que sua maior riqueza

é ter-me sempre com você!


ESTRANHO GOSTAR...


Como é estranho esse sentimento de "gostar".

Gostar sem olhar...

Gostar sem sentir...

Gostar sem tocar..

Gostar apenas ao teclar..

Ao falar pelo telefone...

Palavras bonitas, que mexem com a gente,

Que nos fazem sonhar... Imaginar...

Como seria bom estar ao lado,

Daquela pessoa que está ali...

Tão perto e ao mesmo tempo tão distante...

Separada por uma tela...

Essa tela que dizem ser tão fria,

Mas que é capaz de aquecer muitos corações...

Como aqueceu o meu..

Com esse gostar, esse estranho gostar,

Que fez com que meu coração,

Batesse mais forte por você!

Esse estranho gostar..

Agradeço sua amizade que, gentilmente,

você me permitiu desfrutar.

Agradeço sua energia que, positivamente,

muitas batalhas você me ajudou a ganhar.

Agradeço ao seu coração, todo carinho

que pôde me dar!

"Você é especial em minha vida"

Tema Para Não Ficar Triste


Sente o céu, repara o mar
Há muito mais para o te mostrar
Não chore não, não fique trsite assim

Eu te amo tanto que teu pranto
Fez-se canto pra mim
Sorria por favor, tenha esperança

O que é que você tem?
Conta pra mim
Não quero ver
Você triste assim
Não fique triste
O mundo é bom
A felicidade até existe!
Enxugue a lágrima
Pare de chorar...
Você vai ver!
Tudo vai passar,
Você vai sorrir outra vez
Que mal alguém lhe fez?
Conta pra mim
Não quero ver
Você triste assim

Sente o céu e esse luar
Que eu quero ver no teu olhar
Eu só queria ter você pra mim
Eu te amo tanto que teu pranto
Fez-se canto pra mim
Sorria por favor, tenha esperança
Olha, vamos sair...
Pra que saber aonde ir?
Eu só quero ver você sorrir!
Enxugue a lágrima, não chore nunca mais
E olha que céu azul
Azul até demais
Esqueça o mal,
Pense só no bem
Que assim a felicidade um dia vem
Agora uma canção
Canta pra mim


(Marisa Monte)

sexta-feira, 29 de junho de 2007

Me dá um beijo?


Me dá um beijo?
Mas não quero um beijo qualquer.
Quero um beijo bem gostoso,
com teu gosto de mulher


Quero um beijo que me excite.
Que me faça te desejar.
Quero um beijo que me agite.
Que me mostre teu jeito de amar.


Quero um beijo de emoção.
Que mexa dentro de mim.
Que me faça perder a respiração.
Que me faça querer não ter fim.


Quero um beijo com ardor.
Que me faça querer mais.
Quero um beijo de fazer amor.
Como só você me faz.


Te amo!

EU APRENDI...

EU APRENDI
que a melhor sala de aula do mundo
está aos pés de uma pessoa mais velha;
EU APRENDI
que ser gentil é mais importante do que estar certo;
EU APRENDI
que eu sempre posso fazer uma prece por alguém
quando não tenho a força para
ajudá-lo de alguma outra forma;
EU APRENDI
que não importa quanta seriedade a vida exija de você,
cada um de nós precisa de um amigo
brincalhão para se divertir junto;
EU APRENDI
que algumas vezes tudo o que precisamos
é de uma mão para segurar
e um coração para nos entender;
EU APRENDI
que deveríamos ser gratos a Deus
por não nos dar tudo que lhe pedimos;
EU APRENDI
que dinheiro não compra "classe";
EU APRENDI
que são os pequenos acontecimentos
diários que tornam a vida espetacular;
EU APRENDI
que debaixo da "casca grossa" existe uma pessoa
que deseja ser apreciada,compreendida e amada;
EU APRENDI
que Deus não fez tudo num só dia;
o que me faz pensar que eu possa ?
EU APRENDI
que ignorar os fatos não os altera;
EU APRENDI
que o AMOR, e não o TEMPO,
é que cura todas as feridas;
EU APRENDI
que cada pessoa que a gente conhece
deve ser saudada com um sorriso;
EU APRENDI
que ninguém é perfeito
até que você se apaixone por essa pessoa;
EU APRENDI
que a vida é dura, mas eu sou mais ainda;
EU APRENDI
que as oportunidades nunca são perdidas;
alguém vai aproveitar as que você perdeu.
EU APRENDI
que quando o ancoradouro se torna amargo
a felicidade vai aportar em outro lugar;
EU APRENDI
que devemos sempre ter palavras doces e gentis
pois amanhã talvez tenhamos que engolí-las;

EU APRENDI
que um sorriso é a maneira mais barata
de melhorar sua aparência;
EU APRENDI
que todos querem viver no topo da montanha,
mas toda felicidade e crescimento
ocorre quando você esta escalando-a;
EU APRENDI
Que quanto menos tempo tenho,
mais coisas consigo fazer.

(William Shakespeare)

quinta-feira, 28 de junho de 2007

VOCÊ MORA DENTRO DE MIM...


Eu te Amo...
e te amarei durante toda minha eternidade...
Te amarei nos seus gestos,
Te amarei no seu sorriso,
Te amarei na sua voz,
Te amarei no que você é!
Sim, eu te amarei em tudo...
No ar que respiramos,
num simples cântico dos pássaros,
no alvorecer, no crepúsculo,
na morte...
Eu te amarei no sol que explode sua luz para iluminar a Terra.
Te amarei nas chuvas que caem... Na vida... No fim...
E Nem mesmo o céu ou o inferno podem tirar esse sentimento de mim.
Sim, eu quero te amar,
Te amar nas minhas horas de tristezas,
pois sua lembrança só me traz alegrias...


Te amar quando a alegria chegar,
pois amor e alegria são a própria felicidade
e sou feliz enquanto te amo...
Sim, mesmo que em minha vida não existam trevas,
Quero te amar.
Mesmo que o amor se torne algo extinto,
Quero te amar.
Mesmo que a luz do mundo se acabe,
Quero te amar.
E somente a vontade de Deus
seria capaz de me tirar todo esse amor
que alimenta minha própria existência...
VOCÊ MORA DENTRO DE MIM...

(Laert)

O amor faz a diferença...


Pensar em alguém
Sentir saudade
Uma louca vontade
De ter comigo
O aconchego de um colo
O calor de um ombro amigo
É assim que te quero
Que te desejo
Que penso em ti...

O olhar pode estar distante
Mas o pensamento, sempre presente
Jamais se desvia de ti
Amar, te amar
É desejo que me acompanha
Está nas fantasias de cada dia
Mexe com as minhas entranhas
Está na essência do meu ser
É viver ou morrer!

Embora na minha mente
Sejas uma constante presença
Na minha vida
És uma distante realidade
Quando irás me amar de verdade?
Se me desejasSe te desejo
Vem! Selemos tudo com um beijo
O amor faz a diferença !


(Walter P. Pimentel)

Quisera ser...


Quisera ser tudo em tua vida!
dar-te amor, calor e guarida,
alimentar teus sonhos e anseios,
aliviar-te os temores, teus receios...
trazer-te a paz, a esperança sonhada,
tornar suave e tranquila tua jornada...

Quisera ser tudo em tua vida!...
a lembrança sempre querida,
o lenitivo de amargos momentos,
acalmar teu pranto, teus lamentos...
todos os dissabores dividir contigo...
ser, a cada minuto, teu ombro amigo...


Quisera jamais de deixar a dor,
a desventura, a mágoa, a incerteza...
menos ainda causar-te tristeza,
a cicatrizada ferida de um desamor...

Quisera ser tanto em tua vida!
e caminhar sempre ao teu lado,
sem partida... sem despedida...
e nunca lamentar haver errado!...

(Carlos Saad)

segunda-feira, 25 de junho de 2007

Aconteça o que acontecer


O que dizer a você?

Posso lhe dizer que a vida é linda
Aconteça o que acontecer
Que as flores não nasceram em vão
E os espinhos são parte da sua beleza

Posso lhe dizer que sorrir é necessário
Aconteça o que acontecer
Que os sonhos devem ser buscados
Não importa onde estejam

Posso lhe dizer que amar é maravilhoso
Aconteça o que acontecer
Que o coração é a fonte de toda sabedoria
Não importa o quanto custe para aprender

Posso lhe dizer que agradecer é preciso
Aconteça o que acontecer
Que as lágrimas são sinais de sensibilidade
Apenas aqueles que amam são capazes de chorar

E o mais importante entre tantas coisas que
Posso dizer a você
Não há nada mais importante no mundo do que você.
Ame-se!
Aconteça o que acontecer.

(Sirlei L. Passolongo)

Você sabe amar ?









Eu estou aprendendo.
Estou aprendendo a aceitar as pessoas,
mesmo quando elas me desapontam,
quando fogem do ideal que tenho para elas,
quando me ferem com palavras ásperas ou
acções impensadas.
É difícil aceitar as pessoas assim como
elas são, não como eu desejo que elas sejam.
É difícil, muito difícil, mas estou aprendendo.


Estou aprendendo a amar.
Estou aprendendo a escutar,
escutar com os olhos e ouvidos.
Escutar com a alma
e com todos os sentidos.
Escutar o que diz o coração;
o que dizem os ombros caídos,
os olhos, as mãos irrequietas.
Escutar a mensagem que se esconde
por entre as palavras corriqueiras,
superficiais.
Descobrir a angústia disfarçada,
a insegurança mascarada,
a solidão encoberta.
Penetrar o sorriso fingido,
a alegria simulada, a vangloria exagerada.
Descobrir a dor de cada coração.

Aos poucos, estou aprendendo a amar.
Estou aprendendo a perdoar.
Pois o amor perdoa, lança fora as mágoas,
e apaga as cicatrizes que a incompreensão
e insensibilidade gravaram no coração ferido.
O amor não alimenta mágoas com
pensamentos dolorosos.
Não cultiva ofensas com lástima e
auto comiseração.
O amor perdoa, esquece, extingue
todos os traços de dor no coração.
Passo a passo, estou aprendendo a perdoar,
a amar .


Estou aprendendo a descobrir o valor que
se encontra dentro de cada vida, de todas as vidas.
Valor soterrado pela rejeição, pela falta de
compreensão, carinho e aceitação, pelas
experiências duras vividas ao longo dos anos.
Estou aprendendo a ver, nas pessoas a sua
alma, e as possibilidades que Deus lhes deu.


Estou aprendendo,
mas como é lenta a aprendizagem !
Como, é difícil amar, amar como Cristo
amou !
Todavia, tropeçando, errando, estou
aprendendo...


Aprendendo a pôr de lado as minhas
próprias dores, meus interesses,
minha ambição, meu orgulho.
Quando estes impedem o bem-estar
E a felicidade de alguém !

domingo, 24 de junho de 2007

ME ENCANTE ...




Me encante da maneira que você quiser, como você souber.
Me encante, para que eu possa me dar.
Me encante nos mínimos detalhes.
Saiba me sorrir, aquele sorriso malicioso e gostoso, inocente e carente.
Me encante com suas mãos, gesticule quando for preciso,
me toque, quero correr esse risco.
Me acarinhe se quiser, vou fingir que não entendo,
que nem queria esse momento.
Me encante com seus olhos, me olhe profundo, mas só por um
segundo, depois desvie o seu olhar,
como se o meu olhar, não tivesse conseguido te encantar....
e então, volte a me fitar, tão profundamente, que eu fique
perdida sem saber o que falar...
Me encante com suas palavras, me fale dos seus sonhos,
dos seus prazeres, me conte segredos, sem medos ...
e depois me diga o quanto eu te encantei.
Me encante com serenidade, mas não se esqueça,
também tem que ser com simplicidade,
não pode haver maldade.
Me encante com uma certa calma,
não tenha pressa, tente entender a minha alma.
Me encante como você fez com a primeira namorada,
sem subterfúgios, sem cálculos,
sem dúvidas, com certezas.
Me encante na calada da madrugada,
na luz do sol ou embaixo da chuva.
Me encante sem dizer nada ou até dizendo tudo,
sorrindo ou chorando, triste ou alegre ...
mas me encante de verdade, com vontade ...
que depois, eu te confesso que me apaixonei
e prometo te encantar todos os dias,
do resto das nossas vidas!!!

Pablo Neruda

A GENTE SE ACOSTUMA


Eu sei que a gente se acostuma. Mas não devia.
A gente se acostuma a morar em apartamentos de fim de semana e a não ter outra vista que não as janelas ao redor
E porque não tem vista, logo se acostuma a não olhar para fora
E porque não olha para fora, logo se acostuma a não abrir de todo as cortinas.
E porque não abre as cortinas, logo se acostuma a acender cedo a luz
E á medida que se acostuma, esquece o Sol, esquece o AR, a amplidão...

A gente se acostuma a acordar de manhã sobressaltado porque está na hora
A tomar o café correndo porque está atrasado
A ler o jornal no ônibus porque não pode perder o tempo da viagem
A comer sanduíche porque não dá para almoçar
A sair do trabalho porque já é noite
A cochilar no ônibus porque está cansado.
A deitar cedo e dormir pesado sem ter vivido o dia.

A gente se acostuma a esperar o dia inteiro e ouvir no telefone: "Hoje não posso ir".
A sorrir para as pessoas sem receber um sorriso de volta.
A ser ignorado quando precisava tanto ser visto.

A gente se acostuma a pagar por tudo, o que deseja e o de que necessita
E a lutar para ganhar o dinheiro com que pagar.
E a pagar mais do que as coisas valem.
E a saber que cada vez pagará mais
E a procurar mais trabalho, para ganhar mais dinheiro, para ter com que pagar.

A gente se acostuma à poluição
Às salas fechadas de ar condicionado e cheiro de cigarro.
À Luz artificial de ligeiro tremor.
Ao choque que os olhos levam na luz natural.
Às bactérias de água potável.

A gente se acostuma a coisas demais, para não sofrer.
Em doses pequenas, tentando não perceber, vai afastando uma dor aqui, um ressentimento Ali, uma revolta acolá.
Se a Praia está contaminada, a gente molha só os pés e sua no resto do corpo.
Se o cinema está cheio, a gente senta na 1ª fila e torce um pouco o pescoço.
Se o trabalho está duro, a gente se consola pensando no fim de semana
E se no fim de semana não há muito o que fazer, a gente vai dormir cedo e ainda fica satisfeito, porque tem sempre sono atrasado.

A gente se acostuma para não se ralar na aspereza, para preservar a pele.
A gente se acostuma para poupar a vida
Que aos poucos se gasta, e que se gasta de tanto se acostumar, e se perde de si mesma...

(Clarice Lispector)

sábado, 23 de junho de 2007

Como vai você ?


Eu preciso saber da sua vida
Peça a alguém pra me contar sobre o seu dia
Anoiteceu e eu preciso só saber
Como vai você ?
Que já modificou a minha vida
Razão de minha paz já esquecida
Nem sei se gosto mais de mim ou de você

Vem, que a sede de te amar me faz melhor
Eu quero amanhecer ao seu redor
Preciso tanto me fazer feliz

Vem, que o tempo pode afastar nós dois
Não deixe tanta vida pra depois
Eu só preciso saber
Como vai você

Como vai você ?
Que já modificou a minha vida
Razão da minha paz já esquecida
Nem sei se gosto mais de mim ou de você

Vem, que a sede de te amar me faz melhor
Eu quero amanhecer ao seu redor
Preciso tanto me fazer feliz

Vem, que o tempo pode afastar nós dois
Não deixe tanta vida pra depois
Eu só preciso saber
Como vai você

(Antonio Marcos)

sexta-feira, 22 de junho de 2007

" Sonata ao Luar "




Branca, tão branca, como se fosse feita
toda de luar,
- um luar humano...
- como se seu corpo fosse o maravilhoso teclado
de um piano
à espera de mãos de artista para o despertar

Branca, tão branca, como se seu corpo fosse
feito da espuma do mar,
mar de delícias, mar de meus anseios...
- adivinho a inquietação desse mar de mistérios
quando tremem as ondas vivas dos seus seios!

Branca, tão branca, como se fosse feita
da mais fina areia,
dessa areia que é luz embebida de sol
dessa areia que canta ao contato do mar!
Areia de unia praia impossível e desconhecida
numa enseada escondida
onde nenhuma vaga ainda foi se espraiar...

Branca, tão branca, como se seu corpo fosse
uma estátua vestida em mil véus de luar,
- branco luar de camélias e de lírios
que tem forma de mulher em meu olhar ;
um morno luar de amor, a viver em meus nervos,
como a lua, sobre os nervos deslumbrados
do mar!

Branca, tão branca, como se seu corpo fosse
num gesto heráldico e fino
um lírio esbelto no ar! ...
- um lírio de alma vermelha de rosa feiticeira
que abre os lábios úmidos, brejeira
para o sol beijar!

Branca, tão branca, como se seu corpo fosse
esta folha sem mancha onde escrevo os meus versos
a pensar,
- pensar que hei de compor na alvura de seu corpo,
versos do nosso amor, sem rimas nem palavras,
que ela só há de ler... a viver...
a vibrar...

Branca, tão branca, como o meu pensamento
antes de a encontrar.



( Poema de JG de Araujo Jorge extraído do livro
"Os Mais Belos Poemas Que O Amor Inspirou"
Música - "Sonata ao Luar de Beethoven
"

Perdoe-me...




Perdoe-me se quando
Você precisou da lua
Só pude te trazer as estrelas,
Pois não alcancei além delas.

Perdoe-me se quando você teve
Vontade de chorar,
Fiz com que você sorrisse
Eu pensei que estava fazendo o certo
Mas fazê-lo guardar as lágrimas
Não foi uma boa opção para te ajudar.

Perdoe-me por ter chegado
Adiantado demais na sua vida
Mas foi porque para estar ao seu lado
Eu prefiro sair sem relógio.

Perdoe-me se não fui
Tudo aquilo que você esperou
Mas quase tudo na vida
Não é do jeito que pensamos.

Perdoe-me por ter te mostrado
Uma outra visão da vida
Mas ao menos você pode descobrir
Que preto e branco
Apenas são algumas das muitas cores
Que podem existir ao nosso redor.

Perdoe-me por ter optado
Em conquistar a sua amizade
Obrigada!

quinta-feira, 21 de junho de 2007

Como Eu Te Amo


Como eu te amo!
Não sei como explicar tudo que sinto
Mas eu te amo
E tudo é tão bonito nesse amor

Quando eu te encontrei
Você sorriu e o meu coração
Não pôde resistir tanta emoção
A luz do amor iluminando a gente

Como eu te amo!
São as páginas mais lindas de um romance
Mas eu te amo
E penso em você a todo instante

Junto de você
Eu aprendi o que é ser feliz
E agora o meu coração me diz
Que vai ser sempre mais daqui para diante

Como eu te amo!
Só mesmo amando assim é que se pode compreender
Que tudo é tão bonito
Que é difícil de dizer
As coisas lindas que esse amor nos traz

Como eu te amo!
Não sei se existe alguém que amou alguém
Assim um dia
Você pra mim é tudo, é minha paz
Minha alegria
E você sabe bem como eu te amo

Como eu te amo!
Só mesmo amando assim é que se pode compreender
Que tudo é tão bonito
Que é difícil de dizer
As coisas lindas que esse amor nos traz

Como eu te amo!
Não sei se existe alguém que amou alguém
Assim um dia
Você pra mim é tudo, é minha paz
Minha alegria
E você sabe bem como eu te amo...

Roberto Carlos

Composição: Mauro Motta e Carlos Colla

SONHOS...


www.hostdrjack.com



Quando os nossos sonhos se acabam, fica um vazio imenso,
Uma vontade de parar, De desistir de tudo...
É um período difícil, em que os dias,
as horas, e até os segundos são longos...
Não conseguimos progredir...

Falta vontade, motivação...
Fechamo-nos para tudo e para todos,
como se nada importasse, nada tivesse algum valor...
Vamos nos destruindo pouco a pouco...
Por que será que muitas coisas em que acreditamos, chegam ao fim?
Acreditamos na felicidade eterna,
e muitas vezes ela não passa de um pequeno tempo...
Tempo suficiente para deixar uma saudade infinita...
Até que um dia...
Um novo sonho começa a dar o ar de sua graça, chegando de mansinho,
tentando abrir os cadeados do nosso coração...
Estamos trancados, com um enorme medo de sofrer de novo.
Mas mesmo assim, o novo sonho vem chegando,
trazendo na mala tudo de novo...
E como todo novo sonho, é regado de novidades que fascinam,
mexendo com emoções adormecidas,
trazendo de volta a emoção de viver, amar,
recomeçar!
Nesta hora, quando tudo ressurge,
podemos avaliar melhor a vida...
Temos que transformar cada pequeno instante, em grandes momentos...
Eliminar tudo que maltrata o nosso corpo, o nosso espírito,
e dar lugar somente ao que nos engrandece
como verdadeiro ser humano e filho de Deus!
E se os seus sonhos estiverem nas nuvens, não se preocupe...
Eles estão no lugar certo.
Construa os alicerces, e SUBA!
Nunca desista de ser feliz!

quarta-feira, 20 de junho de 2007

Não és tu...

MySpace Comment

MySpace I Love You Comments

Era assim tímido esse olhar,
A mesma graça, o mesmo ar;
Corava da mesma cor,
Aquela visão que eu vi
Quando eu sonhava de amor,
Quando em sonhos me perdi.

Toda assim; o porte altivo,
O semblante pensativo,
E uma suave tristeza
Que por toda ela descia
Como um véu que lhe envolvia,
Que lhe adoçava a beleza.

Era assim; e seu falar,
Ingênuo e quase vulgar,
Tinha o poder da razão
Que penetra, não seduz;
Não era fogo, era luz
Que mandava ao coração.

Nos olhos tinha esse lume,
No seio o mesmo perfume,
Um cheiro a rosas celestes,
Rosas brancas, puras, finas,
Viçosas como bonecas,
Singelas sem ser agrestes.

Mas não és tu... ai! não és:
Toda a ilusão se desfez.
Não és aquela que eu vi,
Não és a mesma visão,
Que essa tinha em meu coração,
Tinha, que eu bem lhe senti.

Felizes Demais...


www.hostdrjack.com



Um dia parei, pensei um pouco e vi,
senti que aquilo que eu era para os outros eles não eram para mim.
Não havia reciprocidade de sentimentos.
Então eu comecei a procurar;
a buscar alguém que idealizei naquilo que me faltava.

Busquei alguém que não tivesse só Sensibilidade Corporal;
que tivesse Sensibilidade Espiritual também,
alguém que soubesse se fazer importante e com isso me fazer importante também,
que sentisse falta de mim...
Alguém que tivesse capacidade de lembrar momentos passados,
não com tristezas, mas com alegrias,
como se aqueles momentos ainda fossem acontecer;
alguém que se ajudasse e se deixasse ajudar,
alguém que soubesse ler e entender os olhos dos outros,
que amasse o sol tanto quanto a lua e as estrelas.

Busquei alguém,
alguém que soubesse admirar uma flor,
que soubesse traduzir a mensagem que os pingos da chuva nos trazem,
alguém que soubesse sonhar que fosse criança pelo menos um pouquinho;
alguém que brincasse;
que não escondesse suas emoções ao ouvir uma música;
alguém que tivesse defeitos e virtudes,
eu não queria nenhum modelo de perfeição.

Busquei alguém que me aceitasse tal qual sou,
que tivesse ideias e lutasse por elas;
alguém que falasse de si e também me ouvisse;
alguém que tivesse espírito jovem e que o mesmo fosse contagiante.
Que procurasse sentir os outros em toda a sua essência.

Eu busquei alguém que fosse gente.
Eu busquei alguém que fosse humano.
Sei, eu busquei alguém que eu admiro e tenho um profundo sentimento.
E hoje desejo tudo de bom e que realmente você seja muito feliz.

terça-feira, 19 de junho de 2007

A força do amor


www.hostdrjack.com


Amor e fraqueza...não há combinação!
E quando toma conta do coração,
Podemos sentir a perfeição,
É como um escudo...é muito forte,
E quando é verdadeiro,vence até a morte

O amor é como uma bandeira,
Que o próprio nome é sua fronteira,
Com o amor se transpõem barreiras,
Até aquelas que achamos impossíveis,
Com amor se tornam invisíveis

A única coisa que devemos fazer,
É deixa-lo florecer,
E não temer a realidade,
É ela que nos trará felicidade

Mas tem que deixa-la acontecer,
E na hora certa nos fará conhecer,
De como é bom viver o amor,
Sem receio e sem temor,
Pois é um sentimento nobre,
Que nada o vence e nem encobre

Mesmo sendo nós seu maior obstáculo,
Nos fará um grande espetáculo,
Entenderemos que contra ele não há luta,
Mesmo com razões justas ao nosso ver,
No final de tudo nos fará enteder,
Que sem ele não há razão para viver!!

(autor:Roberto)

segunda-feira, 18 de junho de 2007

AMANTES...


Sexy & Romantic glitter graphics from S e x i l u v . c o m



Seja bem vindo!
Em poucas palavras, vida da minha vida,
mais uma vez, não há dúvida:
venha tomar posse de mim
sem preconceitos eternamente
pois eu te quero.
Quero dar-te o melhor de mim
E estar em ti...
Ser a luz da lua e estar em ti.
E junto ao feitiço de teus beijos loucos
Sentir-me toda tua... estar em ti.
Te espero... Mas não te demores.
As pétalas macias da rosa vermelha
caem depressa.
É preciso correr contra o tempo
para usufruir de nossas vidas.
Sou como o beija-flor
sem tempo, sem paradas.
Sou um amor de amor, sem amor
e te espero, meu amante...
que me bebe, que me beija,
que me pára, que me ama,
que me muda e me embeleza.
Venha... Seja bem vindo.

( Célia Lamounier )

Receba!!!


Sexy & Romantic glitter graphics from S e x i l u v . c o m



Ofereço-te meu amor silencioso, discreto.
Sem grandes demonstrações, sem lamentações.
Limita-se a esperar-te, a querer-te
As palavras são mera conseqüência das ilusões...
Não as busco, elas simplesmente acontecem.

Perdoe-me pelas inexistências
Ofereço-te meu amor puro, livre expectativas.
Meu amor infantil, melhor parte de mim.
Aqui estou e tudo que antes me expressava
se tornou vazio, o amor agora é maior que eu.

Ofereço-te meu amor, não espero nem desejo nada,
peço-te apenas que aceites, permita que eu te ame.
Perdoe-me por calar-me,
não conheço mais as palavras, prefiro não proferi-las
a correr o risco do erro...

Ofereço-te meu amor como algo imutável.
A distância é quase nula,
As palavras já são inúteis...

Ofereço-te um amor ilimitado, imensurável.
Ofereço-te meu amor infinito.
As palavras calam-se, os gestos apagam-se,
esquecem-se os momentos, esse amor torna-se imortal.

Ofereço-te meu amor porque é tudo que sei fazer – amar.
É o melhor que tenho pra dar.
Escrevo sobre o amor porque sem ele,
eu não seria o que sou.
Escrevo apenas porque te amo.

domingo, 17 de junho de 2007

O AMOR...


Quando encontrar alguém e esse alguém fizer seu coração parar de funcionar por alguns segundos, preste atenção: pode ser a pessoa mais importante da sua vida.

Se os olhares se cruzarem e, neste momento, houver o mesmo brilho intenso entre eles, fique alerta: pode ser a pessoa que você está esperando desde o dia em que nasceu.

Se o toque dos lábios for intenso, se o beijo for apaixonante e os olhos se encherem d'água neste momento, perceba: existe algo mágico entre vocês.

Se o primeiro e o último pensamento do seu dia for essa pessoa, se a vontade de ficar juntos chegar a apertar o coração, agradeça: Deus te mandou um presente divino - o amor.

Se um dia tiverem que pedir perdão um ao outro por algum motivo e em troca receber um abraço, um sorriso, um afago nos cabelos e os gestos valerem mais que mil palavras, entregue-se: vocês foram feitos um pro outro.

Se por algum motivo você estiver triste, se a vida te deu uma rasteira e a outra pessoa sofrer o seu sofrimento, chorar as suas lágrimas e enxugá-las com ternura, que coisa maravilhosa: você poderá contar com ela em qualquer momento de sua vida.

Se você conseguir, em pensamento, sentir o cheiro da pessoa como se ela estivesse ali do seu lado...

Se você achar a pessoa maravilhosamente linda, mesmo ela estando de pijamas velhos, chinelos de dedo e cabelos emaranhados...

É uma dádiva.

Muitas pessoas apaixonam-se muitas vezes na vida, mas poucas amam ou encontram um amor verdadeiro. Ou às vezes encontram e, por não prestarem atenção nesses sinais, deixam o amor passar, sem deixá-lo acontecer verdadeiramente.

É o livre-arbítrio. Por isso, preste atenção nos sinais.

Não deixe que as loucuras do dia-a-dia o deixem cego para a melhor coisa da vida: O AMOR.

(Carlos Drummond de Andrade )

sábado, 16 de junho de 2007

Uma só alma e um só coração


Sexy & Romantic glitter graphics from S e x i l u v . c o m


Você ainda esta aqui dentro de mim,
Quando fecho meus olhos é você quem vejo
Eu sempre quis você para me confortar, me abraçar e AMAR,
Nas longas noites até o amanhecer
Não quero ninguém, para me desiludir outra vez, não consigo ter ninguém.
Sempre terei você sussurrando palavras sobre eternidade
Eu quero você..
Eu preciso de você
Eu só quero você para me tomar e me levar para onde quiser
eu estou aqui ainda respirando por você
Não desistirei de nós..
Só estou me deixando levar.
Se for nosso destino, juntos novamente estaremos.
Sinto-te neste momento e sei que me sente...
VOCÊ é minha vida...
Que Deus permita que eu possa receber e
Lhe dar esse infinito amor que sentimos que hoje é em silêncio.
Não te prendo a mim, mas eu sei que esse amor é maior que tudo...
Abro minhas asas do pensamento e vôo sempre até você
E juro.. Enquanto eu viver
Estarei com você e lembrarei
Do meu amor por você, por todos os anos da minha vida.
"" Uma só alma e um só coração ""

sexta-feira, 15 de junho de 2007

TE AMO...


www.hostdrjack.com



Te amo quando me olhas com aquele jeitinho só teu...
Te amo quando
me pegas pelas mãos e saímos,
para fazer um programa.
Te amo quando estamos entre pessoas...
Te amo quando me beijas...
Quando me fazes tremer de prazer
e abraçadinhos dormimos.
Te amo quando acordo e te vejo ao meu lado
tão indefeso, dormindo e sonhando.
Te amo até quando brigamos e digo que não amo!
Te amo na minha saudade
quando longe estás.
Te amo quando fazemos as pazes e me enches,
de carinhos e beijos.
Te amo mais ainda quando penso que posso
te perder...
Te amo de todas as formas...
Mas a que mais amo, é a que me faz ter certeza
que teu amor é só meu.
Te amo ao pensar na insignificância de meu ser
se um dia te perder.
Amo esta fraqueza, este medo, esta insegurança.
Penso que amo até, a infeliz...
que seria se não o tivesse ao meu lado!
Enfim, te amo mais que ontem e, bem menos
que amanhã.
Amo tuas rugas em volta dos olhos, pois elas são
seqüelas de teu lindo sorriso.
Amo teus dentes, teus cabelos grisalhos.
Amo teu corpo inteiro, lindo envoltório...
Da pessoa mais íntegra que conheci.
Amo-te e não sei dizer o que amo mais.
Talvez, seja a certeza que nunca vais me deixar.
Mas se isto acontecesse, eu te digo:
Te amaria mesmo assim!!!

CHAMA DE UMA SAUDADE...


De vez em quando eu penso em ti
então minha voz se cala
meu corpo estremece e meu coração bate desesperadamente...
uma lágrima se atira a esmo no espaço
e meus olhos se perdem no infinito.
De vez em quando eu te sinto acariciando o meu rosto
balançando a cabeça,
teus cabelos roçando o vento
tua voz acariciando meu ser
de vez em quando eu te encontro perdida em meus passos
indomável diante dos meus braços distante do meu sentimento.

De vez em quando eu penso em ti como uma andorinha que se foi
como um raio que se apagou ou uma luz que se perdeu no mar
de vez em quando eu te pressinto tão perto e tão longe
tão perto que nem posso te alcançar,
tão longe que não consigo te esquecer.
De vez em quando eu choro e não consigo conter minha dor
por não poder te ter, por não poder te amar,
por não suportar a força que tem o rastro de uma felicidade
de vez em quando eu te tenho junto a mim,
pois és no meu amargor
a chama de uma saudade.

quinta-feira, 14 de junho de 2007

Bom dia Vida






Manhã de sol, eu só queria sair por aí cheirando o

verde da mata molhando meus pés no orvalho da

noite, sentir, depois, o frescor da manhã molhar meus

pés na cascata e sorver o ar do novo dia.

Queria dizer adeus a tristeza e dar boas vinda à alegria

cerrar os olhos da noite e com muita vida, dizer:

_ Bom Dia!

Queria sair da rotina,parar de pensar em "obrigação"

mergulhar no rio da vida e nadar até a margem da

alegria, encher de festa meu coração e dizer:

Bom Dia, Bom Dia Vida!

Se não fosse amor...


Se não fosse amor demais
eu dava um tempo e ia embora
tô perdendo a minha paz
jogando a vida fora
mas eu sei que não sei viver sem você
se não fosse essa paixão
buscava outra companhia
se eu vivesse de ilusão
era uma festa todo dia
mas eu sei que não tem jeito
eu não vou te esquecer
mas brigar com quem se ama
não apaga a velha chama
o que fica é a tristeza
quando bate uma saudade
não precisa muito tempo
e cai na realidade
e na hora do desejo
é só teu corpo que eu vejo
se invento uma ilusão
é tua boca que eu beijo
e assim que eu vou bater
de frente com a verdade
você pra mim é um perigo
mas nesse amor tô fechado contigo
agente acaba ouvindo o coração
e se ele quer quem é que pode dizer não
você pra mim é um castigo
mas faz amor e um carinho que eu fico
que é que eu posso fazer
se é teu jeito de ser
eu te amo

quarta-feira, 13 de junho de 2007

QUANDO A GENTE AMA!



www.hostdrjack.com



Quem vai dizer ao coração,
Que a paixão não é loucura
Mesmo que pareça
Insano acreditar
Me apaixonei por um olhar
Por um gesto de ternura
Mesmo sem palavra
Alguma pra falar
Meu amor,a vida passa num instante
E um instante é muito pouco pra sonhar
Quando a gente ama,
Simplesmente ama
E é impossível explicar
Quando a gente ama
Simplesmente ama!

(Oswaldo Montenegro)

Coisas do Coração


Quantas vezes eu te falei
Que este amor é tudo para nós dois
Eu te quero e sempre vou te amar
Agora e depois

Quanto tempo eu não sei
Não se mede em tempo uma paixão
Mas eu sinto cada dia mais
Você no coração

Quantas coisas entre nós
Foram ditas quase sem falar
De repente um gesto e um olhar
Dizem: Te amo

E sem nada prometer
Nos amamos sem querer saber
Se é paixão ou se é um grande amor
Tudo existe em nós

Pode ser amor, pode ser paixão
Pode ter até outra explicação
Só sei que quero ter você
Sempre ao meu lado

Pode ser amor, pode ser paixão
Mas seja qual for a explicação
Meu bem por que querer saber
Coisas do coração

(Roberto Carlos)

terça-feira, 12 de junho de 2007

GUARDO ESSE POEMA DENTRO DO MEU CORAÇÃO...


Dois amantes distantes
Por caprichos do destino, dois corações apaixonados,
de repente ficaram separados...mas...juntos mesmo distantes,
esses dois amantes nunca deixaram de se amar...
Distantes... como se encontrar?
Como contentar os corações enamorados?
se sempre juntos querem ficar.
Para a distância enganar, a imaginação deve-se usar...
Pronto... por força de algum sortilégio,
os amantes podem ter o privilégio
de se amar, mesmo longe estando...estarão loucos ficando?
Claro... não é o amor uma doce loucura?
Um sentimento com tanta ternura...
não pode a distancia temer,
nem vai fazer quem ama, sofrer...
E sempre sentindo do amor a emoção...
vai batendo forte dos amantes, o coração.
Não se deixe dominar pela tristeza,
e veja a vida em toda sua beleza...
Não faça da ausência um lamento,
basta que leve sempre o amor no pensamento...

Declaração de Amor - Para Meu amor

Quero Roubar Você


Hoje eu roubaria você para mim
e o levaria para uma casinha
que construí nos meus sonhos.
Ela é pequena, no meio do mato,
mas tem um lindo pôr-do-sol
que queria ver refletido dentro dos seus olhos.
Ficaríamos na varanda,
sentados em um pequeno balanço
vendo as horas passando.
Eu aninhada e segura em seus braços.
Você me contando velhas histórias.
Tudo ao som de uma sinfonia de pássaros
de todas as cores e tamanhos.
E quando a lua começasse a clarear
nos deitaríamos em uma rede
colocada entre a goiabeira e laranjeira.
E você me ensinaria sobre as estrelas.
Por fim nos amaríamos ali
Tendo a lua como cúmplice
e as estrelas piscando como se nos aplaudisse.
Hoje eu roubaria você para mim
e o guardaria nesse mundo de sonhos
porque lá somos sempre felizes.
Lá tudo é possível
inclusive você e eu.
E seríamos nós dois
e aquilo que permitíssemos,
mas nada, nada que nos separasse.
Eu sei que não posso levar você ali.
Sei que não posso mostrar a você
essa casinha branca de janelinhas azuis
onde tem uma plaqueta escrito
"Aqui mora o amor".
Tudo que sei é que se eu pudesse
eu juro, hoje eu roubaria você para mim.

[Waleska Zibetti]

segunda-feira, 11 de junho de 2007

O Amor É Mais


Pra saber o que é o amor
É preciso amar assim
E o amor que eu sinto por você
É igual ao seu por mim
O amor é energia, é luz
Que ilumina a alma
É a força de dois corações
Que traz a paz e acalma

Diferente da paixão
O amor é um sentimento
Está acima da razão
E do passar do tempo

O nosso amor resiste a tudo
À tempestade e ao vento
É forte em nosso pensamento
Imenso em nosso coração
Pro nosso amor não tem distância
Juntos sempre estamos
É assim que nos amamos
Não soltamos nossas mãos

O amor é mais do que eu pensei
É mais do que eu sonhava
E esse amor que eu tanto esperava
Só conheci quando encontrei você

E a emoção do nosso amor
Não dá pra ser contida
A força desse amor
Não dá pra ser medida
Amar como eu te amo
Só uma vez na vida

O amor é energia, é luz
Que ilumina a alma
É a força de dois corações
Que traz a paz e acalma
Diferente da paixão
O amor é um sentimento
Está acima da razão
E do passar do tempo

O nosso amor resiste a tudo
À tempestade e ao vento
É forte em nosso pensamento
Imenso em nosso coração

Pro nosso amor não tem distância
Juntos sempre estamos
É assim que nos amamos
Não soltamos nossas mãos

O amor é mais do que eu pensei
É mais do que eu sonhava
E esse amor que eu tanto esperava
Só conheci quando encontrei você

E a emoção do nosso amor
Não dá pra ser contida
A força desse amor
Não dá pra ser medida
Amar como eu te amo
Só uma vez na vida

Roberto Carlos

domingo, 10 de junho de 2007

νσcê мєυ αмίgσ đє ƒé мєυ ίrмãσ cαмαrαđα...


νσcê мєυ αмίgσ đє ƒé мєυ ίrмãσ cαмαrαđα,
αмίgσ đє тαŋтσѕ cαмίŋђσѕ
đє тαŋтαѕ נσrŋαđαѕ
cαвєçα đє ђσмєм мαѕ σ cσrαçãσ đє мєŋίŋσ,
αqυєlє qυє єѕтá đσ мєυ lαđσ
єм qυαlqυєr cαмίŋђαđα
мє lємвrσ đє тσđαѕ αѕ lυтαѕ мєυ вσм cσмραŋђєίrσ,
νσcê тαŋтαѕ νєzєѕ ρrσνσυ
qυє é υм grαŋđє gυєrrєίrσ
σ ѕєυ cσrαçãσ é υмα cαѕα đє ρσrтαѕ αвєrтαѕ,
αмίgσ νσcê é σ
мαίѕ cєrтσ đαѕ ђσrαѕ ίŋcєrтαѕ
αѕ νєzєѕ єм cєrтσѕ мσмєŋтσѕ đίƒícєίѕ đα νίđα,
єм qυє ρrєcίѕαмσѕ
đє αlgυéм ραrα αנυđαr ŋα ѕαíđα
α ѕυα ραlανrα đє ƒσrçα đє ƒé є đє cαrίŋђσ,
мє đá α cєrтєzα đє qυє єυ ŋυŋcα
єѕтίνє ѕσzίŋђσ

νσcê мєυ αмίgσ đє ƒé мєυ ίrмãσ cαмαrαđα,
ѕσrrίѕσ є αвrαçσ ƒєѕтίνσ đα мίŋђα cђєgαđα
νσcê qυє мє đίz αѕ νєrđαđєѕ cσм ƒrαѕєѕ αвєrтαѕ,
αмίgσ νσcê é σмαίѕ
cєrтσ đαѕ ђσrαѕ ίŋcєrтαѕ
ŋãσ ρrєcίѕσ ŋєм đίzєr, тυđσ ίѕѕσ qυє єυ lђє đίgσ,
мαѕ é мυίтσ вσм ѕαвєr,
qυє νσcê é мєυ αмίgσ

sábado, 9 de junho de 2007

MEU AMOR...


Todos os dias quando acordo,
Coloco-me a agradecer.

Agradeço pelos meus olhos,
Pelos meus ouvidos, por minha boca,
Pelas minhas mãos.

Pois a meus olhos devo a graça de enxergar sua beleza,
A meus ouvidos, o privilégio de ouvir sua voz,
A minha boca, o prazer de sentir seu beijo,
Por fim, as minhas mãos que me concedem o ato de tocar e
só assim ter certeza que você não é apenas um sonho.

Vejo você no sol que ilumina meu dia,
Na rosa que enfeita o jardim,
Na pureza da água,
No sorriso da inocente criança

Sinto você na alma, invadindo todo meu ser.
Sinto você em cada tic-tac do meu coração,
E quando a tarde cai, o vejo na lua enamorada,
No meu céu, és a estrela que me guia.

Nos meus sonhos, és o príncipe que me beija,
E novamente no meu novo amanhecer,
És minha inspiração, minha fonte de amor.
E só me resta dizer, és a razão do meu viver
Não sou nada sem você
E maior que tudo que imagines
É meu amor por você!

(Sirlei L. Passolongo)

O amor que não declarei


Houve um tempo em que esperava você chegar
Sentia seu cheiro no ar ao se aproximar
Meu coração disparava, meus olhos brilhavam
Era como se uma adrenalina tomasse conta do meu ser
E você se sentava do meu lado...
Eu, como se nada estivesse acontecendo... disfarçava

Disfarçava o calor que meu corpo sentia
A aflição do meu coração acelerado
E simplesmente sorria...

Sorria um sorriso amarelo quase sem querer
Quando meu desejo era pular em seus braços
E dizer o quanto amava você

Não me declarei
Escondi o mais belo amor que você poderia ter
Fingi ser apenas amizade o que havia entre nós
Simplesmente me acovardei... fugi
Agora, é tarde... Você se foi
E com você foram todos os meus sonhos
De viver um grande amor
E você não irá voltar
Pois já mais soube
Que para trás deixou alguém
Que para sempre irá te amar.

(Sirlei L. Passolongo)

sexta-feira, 8 de junho de 2007

ALMA GÊMEA


www.hostdrjack.com






Alma Gêmea da Minh'alma,
Flor de luz da minha vida,
Sublime estrela caída
Das belezas da amplidão !...
Quando eu errava no mundo,
Triste e só, no meu caminho,
Chegaste, devagarinho,
E encheste-me o coração :

Vinhas na bênção dos deuses,
Na divina claridade,
Tecer-me a felicidade em sorrisos de esplendor !...
És meu tesouro infinito,
Juro-te eterna aliança,
Por que sou tua esperança,
Como és todo o meu amor !!

Alma Gêmea da minh'alma,
Se eu te perder, algum dia,
Serei a escura agonia
Da saudade nos seus véus...
Se um dia me abandonares,
Luz terna dos meus amores,
Hei-de esperar-te, entre as flores
Da claridade dos céus...


Do livro Há dois Mil Anos. Psicografia de Francisco Cândido Xavier.

Sei que viestes ...


www.hostdrjack.com



Sei que vieste
senti o teu cheiro...
Agora embriagada ao perfume
que tua pele exala...
Sinto tua presença...
entre sem demoras.

Vem cá, me dê tua mão...
vamos nos aconchegar
no calor desta fogueira
Eu quero te amar, te amar a noite inteira...

Se aproxime de mim
Sinta –me em teus braços
e os teus eu acolho...
Posso sentir o calor do teu rosto
deste fogo que traz a magia
de uma noite de sonhos
tão distantes,
Mas que são tão presentes
como teus lábios ardendes
que me beijam em nossos sonhos..

Sei que vieste...

myspace layouts, myspace codes, glitter graphics

quinta-feira, 7 de junho de 2007

Procurando meu caminho


A vida é feita de momentos...
E, para cada momento,
vários caminhos se apresentam
para que se escolha aquele que se quer seguir...

Tudo que imagino é encontrar o meu caminho...
O meu paraíso aqui na terra...
Eu sei que este paraíso existe!!!
E ele tem um nome: você!!!

Pelos tortuosos momentos da vida,
busco, no horizonte, este lugar...
Busco, um determinado momento,quando,
entre tantos caminhos, descobrirei o meu ...

Chegarei, então, ao lugar que tanto procuro...
Na busca deste lugar,onde só exista você e eu,
encontro um labirinto de momentos...
Para qualquer lado que eu me volte,
um novo momento se apresenta e,
com ele, vários caminhos...

Nesta louca e incessante busca,
para encontrar o caminho certo entre tantos caminhos ,
tenho medo de me perder...
Talvez eu não consiga descobrir,
quando chegar o momento,
por qual caminho deverei seguir para chegar até o paraíso...
Para chegar até você!!!

Então, paro e me pergunto:
Será que as estrelas poderiam indicar
o caminho certo para o momento da vida
que é para ser minha???
Será que elas permitiriam que sua luz brilhasse
o suficiente para que eu as seguisse???

A resposta a estas perguntas, ainda não encontrei...
O que sei, é que, tenho esperanças
de encontrar o caminho
que me leve de volta ao momento em que,
na escolha entre tantos caminhos,
posso ter me enganado
e seguido por um caminho errado...

Então, iniciarei uma nova busca
a espera de um outro momento
e de novos caminhos...
Uma pergunta então me farei:
qual o caminho para chegar ao final???

Neste instante, poderei descobrir que,
o caminho que eu estava percorrendo,
poderia ser só o começo...
Ou, quem sabe???
Eu poderia já estar chegando ao final!!!

quarta-feira, 6 de junho de 2007

MAR DE AMOR




Entrei leiga mar adentro
Sem nada entender de sal e azul
Atraída que fui por vagas e horizonte.
Ignorei bóias e braçadas
E caminhei de encontro ao nada
Que prometia vida de inesgotável fonte.


Fiquei surpresa com os encantos
Sem nada pedir de tesouros e riqueza
Atraída que fui pelo murmúrio das ondas
Música que canta o amor e a beleza
E caminhei ao encontro do outro lado
Com juras sedutoras de paixão sem conta.


Tropecei em pedras, arrecifes, conchas e corais
E fui aprendendo que o mar tem seus caminhos
E como o amor, lindos atalhos e vis armadilhas
E me atirei, sem medo dos espinhos
Em direção ao meu destino
Com a certeza de recompensa ao fim da trilha.


Afundei em bancos de areia,
abismos e correntezas
E enfim soube que mar é amor,
Que arde e abranda e puxa para si
Independente de poder ou vontade
Até que se mergulhe entregue, fazendo parte
Dessa grande imensidão de azul
Que é meu mar de amor por ti.

" Sonata ao Luar "


Branca, tão branca, como se fosse feita
toda de luar,
- um luar humano...
- como se seu corpo fosse o maravilhoso teclado
de um piano
à espera de mãos de artista para o despertar

Branca, tão branca, como se seu corpo fosse
feito da espuma do mar,
mar de delícias, mar de meus anseios...
- adivinho a inquietação desse mar de mistérios
quando tremem as ondas vivas dos seus seios!

Branca, tão branca, como se fosse feita
da mais fina areia,
dessa areia que é luz embebida de sol
dessa areia que canta ao contato do mar!
Areia de unia praia impossível e desconhecida
numa enseada escondida
onde nenhuma vaga ainda foi se espraiar...

Branca, tão branca, como se seu corpo fosse
uma estátua vestida em mil véus de luar,
- branco luar de camélias e de lírios
que tem forma de mulher em meu olhar ;
um morno luar de amor, a viver em meus nervos,
como a lua, sobre os nervos deslumbrados
do mar!

Branca, tão branca, como se seu corpo fosse
num gesto heráldico e fino
um lírio esbelto no ar! ...
- um lírio de alma vermelha de rosa feiticeira
que abre os lábios úmidos, brejeira
para o sol beijar!

Branca, tão branca, como se seu corpo fosse
esta folha sem mancha onde escrevo os meus versos
a pensar,
- pensar que hei de compor na alvura de seu corpo,
versos do nosso amor, sem rimas nem palavras,
que ela só há de ler... a viver...
a vibrar...

Branca, tão branca, como o meu pensamento
antes de a encontrar.



( Poema de JG de Araujo Jorge extraído do livro
"Os Mais Belos Poemas Que O Amor Inspirou"

NÃO TE AMO...


Como se fosses rosa de sal, topázio
ou flecha de cravos que propagam o fogo:
te amo como se amam certas coisas obscuras,
secretamente, entre a sombra e a alma.
Te amo como a planta que não floresce e leva
dentro de si, oculta, a luz daquelas flores,
e graças a teu amor vive escuro em meu corpo
o apertado aroma que ascendeu da terra.
Te amo sem saber como, nem quando, nem onde,
te amo diretamente sem problemas nem orgulho:
assim te amo porque não sei amar de outra maneira,
senão assim deste modo em que não sou nem és
tão perto que tua mão sobre meu peito é minha
tão perto que se fecham teus olhos com meu sonho.

Pablo Neruda

Camuflagem de alma...


Eu tenho um sorriso mudo,
no meu rosto estampado.
Que oculta todo pranto,
que no peito eu tenho guardado.
Um sorriso falso,
para não mostrar sentimento.
Ele me faz parecer forte,
e não deixa transparecer meu sofrimento.
Eu não posso ser fraca,
porque eu sou de muitos o abrigo.
Se caio, vou para o buraco,
e eu não quero levar ninguém comigo.
Eu tenho que ser assim,
suportar a dor até o fim.

Preciso ser esta rocha,
pois há muitos que dependem de mim.
Os olhos são o espelho d'alma,
e toda verdade podem revelar.
O sorriso mudo é a cortina,
que a tristeza da alma tenta ocultar.
E então solitária,
quando não há de quem esconder.

A tristeza brota do fundo d'alma,
mostra que pode a armadura do sorriso vencer.
De volta ao público,
é preciso voltar a ser forte e sorridente.
Enxugar o pranto que escorreu pelo rosto,
e dinovo mostrar os dentes.
Assim vou sorrindo,
sem mostrar o que estou guardando.
Demonstrando estar feliz,
quando deveria estar chorando

terça-feira, 5 de junho de 2007

SONETO DO CORIFEU ...


São demais os perigos desta vida
Para quem tem paixão, principalmente
Quando uma lua surge de repente
E se deixa no céu, como esquecida.


E se ao luar que actua desvairado
Vem se unir uma música qualquer
Aí então é preciso ter cuidado
Porque deve andar perto uma mulher.


Deve andar perto uma mulher que é feita
De música, luar e sentimento
E que a vida não quer, de tão perfeita.


Uma mulher que é como a própria Lua:
Tão linda que só espalha sofrimento
Tão cheia de pudor que vive nua.

Vinicius de Morais

"Estranho Amor"




Me desculpe devo ir embora
mas sabia que era uma mentira
quanto tempo perdido atrás dele
que promete depois nunca cumpre
estranhos amores que nos metem em problemas
mas na realidade somos nós.

E na espera de um telefonema
brigando para que esteja livre
com o coração no estomago
um sentido enrolado
ali sozinho, dentro um arrepio
mas porque ele não está, e são

Estranhos amores que fazem crescer
e sorrir entre as lágrimas
quantas paginas ali para escrever
sonhos e marcas para dividir.
São amores freqüentes a esta idade
se confundem dentro desta alma
que se interroga sem decidir
se é um amor que se faz por nós

E quantas noites perdidas a chorar
relendo aquelas cartas
que não consegue mais jogar fora
o labirinto da saudades
grandes amores que terminam
mas que ficam, no coração

Estranhos amores que vão e voltam
nos pensamentos que os escondem
histórias verdadeiras que nos pertencem
mas se deixam como nós
Mas na realidade somos nós

Estranhos amores frágeis
prisioneiros livres
estranhos amores que não sabem viver
e se perdem dentro de nós

Me desculpe devo ir embora
desta vez prometo a mim
porque quero um amor de verdade
sem você.

Renato Russo

segunda-feira, 4 de junho de 2007

Linguagem do Mundo




A parte mais importante
e mais sábia da linguagem que o mundo fala,
e que todas as pessoas da Terra
são capazes de entender em seus corações é o Amor,
uma coisa mais antiga que os homens, e que no entanto,
ressurge sempre com a mesma força onde quer que duas pessoas,
dois pares de olhos se cruzem.
Aí está a pura linguagem do mundo, sem explicações,
porque o Universo não precisa de explicações
para continuar seu caminho no espaço sem fim.
Quando se mergulha na linguagem Universal,
é fácil entender que sempre existe no mundo uma pessoa que espera a outra,
seja no meio de um deserto, seja no meio das grandes cidades.
E quando estas pessoas se cruzam,
todo o passado e todo o futuro perde qualquer importância,
e só existe aquele momento, e aquela certeza incrível
de que todas as coisas debaixo do sol
foram escritas pela mesma Mão.
A Mão que desperta o Amor, e que faz uma alma gêmea
para cada pessoa que trabalha, descansa e busca tesouros.
Porque sem isto não haveria qualquer sentido
para os sonhos da raça humana..."

(Paulo Coelho)

domingo, 3 de junho de 2007

Tua ausência presente


O que busco no teu silêncio
É desvendar as estrelas
Vestir-se do seu brilho
E beber sua magia.

No silêncio dos teus olhos
Vejo estrelas brilhantes
Ouço pensamentos mágicos
E viajo na tua solidão.

O balbuciar da tua voz
Reflecte meu sonho
Sinto teus ávidos beijos
Nascendo dos teus lábios.

Vejo-te nas estrelas brilhando
Sinto-me no infinito próximo
Tua ausência e tão presente
Que teu calor me comove.

Busco-te em meus momentos
Procuro meu pouso no teu amor
Banho-me no luar dos teus cabelos
Sou cativo do poder do teu sorriso.

Sempre te acho nas minhas noites
Quando o claro do teu porte vem
Entre sombras dançarinas sensuais
Se soltando do meu tempo irreal.

(Daniel Fiuza)

sábado, 2 de junho de 2007

Anjo Do Amor...


Quero seu beijo de novo
E viajar no seu corpo
Escrever a história desse amor

Guardo em minha lembrança
Como uma marca em meu corpo
E dentro do meu coração
E desesperado rezo pra você voltar
Pra curar de vez a dor da solidão

Anjo do amor, vem correndo
Sem seu calor tô morrendo
Onde estará seu sorriso?
A cada manhã que te busco e não sei onde está
Te preciso
Se não vier eu não vivo
Quem ganhará as carícias?
Cada manhã que te busco, meu anjo do amor
Anjo do amor

Eu quis viver outro sonho
De outra paixão ser o dono
Mas minha ilusão já se acabou
Trago você na lembrança
Nasce de novo a esperança
Pois ninguém escolhe um grande amor
E desesperado rezo pra você voltar
Pra curar de vez o mal da minha dor.



Amo você...





Em cada momento, um acto,
Em cada acto, um pensamento
Em cada pensamento, uma saudade,
Em cada saudade, você.

Em cada sonho, uma história,
Em cada aventura, uma lembrança,
Em cada lembrança, existe você.

Em cada sorriso, o porquê?
Em cada porquê, uma resposta,
Em cada resposta, você.

Em cada segredo, uma vida, um saber,
Em cada saber, a certeza
A certeza que amo você…