segunda-feira, 31 de março de 2014

LOUCAMENTE APAIXONADO



Loucamente apaixonado,
não há mais como negar.
Quero você ao meu lado,
não posso mais esperar.
 
Espero que algum dia
eu seja recompensado
pelos anos que amei
e não pude ser amado.
 
 
Como o amor é absurdo
e mensurar não tem jeito,
um beijo compensa tudo –
mas não fico satisfeito.



fredpoeta


Simplesmente, amor!



O amor preenche a gente
Sinto amor imenso por ti
Confesso estar perdidamente apaixonada
Vê-lo, senti-lo, tocá-lo me faz mais feliz
Peço desculpas àqueles que não sabem o que é o amor
O amor tem sabor
E nos faz saber que amando
A alma se coloca em festa
Quem nunca sentiu uma dor no peito?
Um aperto no coração?
Às vezes não damos conta de tudo
Mas o amor?
Sabê-lo e não tê-lo
É viver em eterna escuridão...



Helenice Sardenberg


domingo, 30 de março de 2014

Amar-te noite e dia...



no céu prateado
mistura o sol dourado
enche-me de sonhos
coloridos, quadriculados,
pendentes, inusitados;
não carece decifrar,
só precisa sentir
toda magia na
eterna poesia de
amar-te noite e dia;
teu olhar me extasia
pede passagem para as
fantasias tão delicadas,
amantes, amados
com todo pecado;
amor repaginado, jeito
apaixonado de ser
partilhando nosso prazer,
forma autêntica de
te amar ilimitadamente;
te amo assim, muito mais
que a mim, na dualidade do
amor dobrado sem fim.


Marisa de Medeiros


AMORES OUTONAIS



No outono da vida,
de uma vida bem vivida,
podem surgir
os verdadeiros amores...
Já sentimos todas as dores...
Não pensamos no porvir...
Podemos vivenciar
uma nova forma de amar...
Mais completa,
mais direta...
Um amor sem preconceitos,
Podemos vivê-lo,
podemos senti-lo...
Pelos instintos nos guiando,
vamos assim amando...
Totalmente...
Apaixonadamente...
Amores outonais...
Gostosos... Sensuais...



Marcial Salaverry


sábado, 29 de março de 2014

A Beleza Que Vem De Você



As mais belas poesias,
As mais belas melodias
E as mais belas canções não podem ser comparadas
À beleza que vem de você.

Na parte mais profunda do meu coração,
Eu encontro a inspiração que você me traz
E eu sempre verei o seu reflexo
Nos espelhos da minha alma.

As cores do arco-íris,
As cores da natureza
E o azul do céu não são mais belas
Do que a cor dos seus olhos.

No meu mais belo sonho,
Eu encontro o caminho que conduz ao seu amor
E eu sempre verei a sua lembrança
Nos moinhos do meu pensamento.

O mais brilhante sol,
O mais brilhante luar
E a mais brilhante estrela não são mais brilhantes
Do que a luz do seu sorriso.

As mais belas poesias,
As mais belas melodias
E as mais belas canções não podem ser comparadas
À beleza que vem de você.



Paulo McCartney


UNIVERSO DE AMOR



Minha vida tem a essência das flores,
de pensamentos e paixões
nos meus melhores momentos

jeito lindo de compor
sentimentos e emoções.
na amplidão dos sentimentos

Sublimes, confidências
no meu universo de amor
maior cumplicidades
de te amar com fervor.




Juloren


sexta-feira, 28 de março de 2014

EDELWEISS A FLOR DO AMOR



Desfolhar uma linda flor,
para saber se encontrou o amor...
Precisa disso não...
Basta consultar o coração...
Por quem ele bate mais forte,
é quem teve essa sorte...
De teu amor uma edelweiss ganhar,
por quem você foi se apaixonar...
É preciso saber quem é teu eleito,
esse homem perfeito,
que conseguiu te conquistar...
Ele ficará feliz, com certeza,
de saber que conquistou essa beleza...
E poderá acabar com tua saudade,
deixando-te na felicidade...
Quem será?  Onde poderá estar?
Esse alguém tão especial,
talvez colhendo teu edelweiss...



Marcial Salaverry


Tudo Que Eu Preciso



Ela é como o vento numa noite de verão
O amor que aquece o meu coração
Uma doce canção que embala a minha paixão
E me faz perder a razão.

Ela é como o sol em cada amanhecer
A lua em cada anoitecer
Uma doce melodia que embala o meu viver
E me faz esquecer o meu sofrer.

E eu sinto o seu coração bater
Seu corpo junto ao meu
Não consigo imaginar-me sem ela
Que é tudo que eu preciso para ser feliz.

Ela é como o vento que assanha as águas do oceano
A ternura que conforta o meu pranto
Uma paz que invade o meu peito
E me acolhe em seu leito.

Ela é como a chuva que enriquece a natureza
O arco-íris que colore o céu
Um anjo enviado por Deus para enfeitar
E alegrar a minha vida.

E eu sinto o seu coração bater
Seu corpo junto ao meu
Não consigo imaginar-me sem ela
Que é tudo que eu preciso para ser feliz.



Paulo McCartney


quinta-feira, 27 de março de 2014

ESTA É A DANÇA DO AMOR



Esta é a dança do amor,
à qual nos entregamos com fervor...
É a dança bailada
pelos corpos no ato do amor...
É a dança bailada
pelos corações em festa,
como o sorriso feliz o atesta...
É a dança bailada
vivendo o amor que surgiu,
como igual nunca se viu...
É a dança bailada
quando da entrega dos corpos,
dominados pela paixão
que invadiu o coração...
É a dança bailada
sob os eflúvios do amor...



Marcial Salaverry


SEDUÇÃO...



Pura sedução... Amor que me tira o fôlego...
Tenho partes de ti em mim como uma profecia
Entre tu e eu há arroubos nos momentos de paixão...
Hoje perdi a quietação da vida no instante em que
Teus braços me circundam... Apertam...
Atraem-me para teu corpo... Enlouquecem-me...

Trago no fundo de minha taça de vinho o mistério do teu
Enigmático sorriso... Vejo-te... Deslumbrada...
Extasiada... Fascinada... Seduzida...
Lábios que me beijam deflorando-os...
 Sangrando-os

Olhos profundos  que penetram no
 meu corpo desnudo quais
Lâminas de algozes a perfurarem minha essência...

 [Corpo inteiro ]

E me arrepiam... Levando-me ao céu infinito...
Levarei sempre esta minha inspiração no segredo
Deste amor em chamas... Neste secreto lugar...

Aonde todos os dias vivo este fantasioso delírio contigo!



celina vasques


terça-feira, 25 de março de 2014

Amando à Beira Mar



Ouço o marulhar das águas
O corpo deitado n'areia
Salgadas gotas de mágoa
Se perdem na maré cheia.
Quando meu peito deságua
O sol vem e encandeia;
A lua veste um'anágua
bordada em rendas vermelhas.
 
O mar que ora me afaga
E traga meus pensamentos
É o mesmo que em outras plagas
Flagra os teus momentos.
 
O ir e vir destas ondas
Levando os nossos recados
Agindo em nós como sondas
Purgando os nosso pecados.
Nas areias faço a ronda;
O cheiro do mar salgado
Minhas narinas arromba
Qual teu corpo perfumado.
 
O mar que ora me afaga
E traga meus pensamentos
É o mesmo que em outras plagas
Flagra os teus momentos.



Jorge Linhaça


ESTRELAS POETICAS



A chuva parece gotejar das estrelas,
e por vezes, gotejam gotas de poesia...
São gotas que saem da alma,
para enlevar corações,
despertando doces emoções...
Emoções de amor,
dando à vida um suave calor...
Calor que pelo corpo se irradia,
traz felicidade, inebria...
Embriaga-nos...
Enleva-nos...
Como que levitamos
enquanto nos amamos...
Com as estrelas a brilhar,
à suave luz do luar,
é muito mais doce o amar...



Marcial Salaverry


Seu olhar...


segunda-feira, 24 de março de 2014

ASSIM ESPERAS



Esperas pelo amor,
que à vida te dará nova cor...
Pelo menos esperas,
e não te desesperas...
Se a razão diz não à espera,
o coração diz espera...
É mais doce a espera,
quando não se desespera...
Diferença entre felicidade,
ou infelicidade...
Intempéries fazem parte,
mas não servem de aparte,
sendo amor de parte a parte,
com carinho, fica-se e ninguém parte,
ficando apenas a gostosa lembrança
que a alma sempre balança,
daqueles quentes beijos.
plenos de desejos...
São lembranças para a eternidade,
recordando plena felicidade..



Marcial Salaverry


Tempo do amor...



(...) tentar decifrar
acabar de querer
multiplicar os desejos
codificar e decodificar
todos os segredos
amar-te em cada eixo;
roda gigante no
tempo da vida
ousada, atrevida;
hoje mais que ontem
menos que distante
presença ambulante
vontade culminante;
no sonho gigantesco,
durmo, acordo,
amanheço, anoiteço,
aconteço no amor;
no texto de amar,
contexto do prazer se
refazendo e se renovando
no clarão da lua em
plena escuridão
celebrando nosso amor
com sofreguidão.


Marisa de Medeiros


domingo, 23 de março de 2014

UM DESEJO CHAMADO AMOR



Esse desejo que me consome, chamado amor,
Existe, mas eu não vejo, com minha maior dor.
Imploro que apareça para o conhecer, em vão,
Sangra de tristeza e de palpitar meu coração.

Que mal fiz a esse tal amor, que anda arredio,
Se eu nem o vejo, como é meu grande desejo,
Sofro por ele, em nenhum outro eu já confio,
Abraçá-lo , beijá-lo, será sempre meu desejo.

E se tiver de sofrer até ao fim da minha vida,
Cumpra-se minha sina, que eu não desisto,
Esse amor é para mim tudo, nele eu insisto,

Pois que meu castigo, seja de alma sofrida,
Por um desejo chamado amor, tão invisível,
Que sei que existe, mas é assim inatingível.


Ruy Serrano


beijo



Há dias que nasce passarinho
E a alma voa baixinho
No som da música,
Na brisa leve,
No sorriso da flor
Que sem temor
Abre-se ao sol.

Sem dúvidas no olhar,
Num horizonte  de esperança,
Embora, sombras, existam em algum lugar
Neste dia que nasce passarinho
A alma que voa baixinho
Só quer saber de se deliciar.

De prazeres escondidos
No sol que vai se abrindo
O amor já vem de encontro
E o coração que é todo manso
Só pensa em beijar.



jullia


sábado, 22 de março de 2014

Os encantos do amor



Fiz uma viagem inusitada
para conhecer melhor a minha flor
e nessa viagem encantada
fui descobrindo os encantos do amor.

Pelo corpo dela fui passeando
com um beijinho aqui outro acolá
também ia comigo pensando
como é gostoso a arte de amar.

Como o pensamento não tem barreira
mergulhei fundo em seu coração brilhante
para descobrir como é verdadeira
a paixão que move um grande amante.

Pensando que tudo era verdade
em sua pele macia fui deslizando
e movido pelo germe da felicidade
mais uma vez a estava amando.

Quando acordei estava maravilhado
quase não consegui controlar meu coração
e virando na cama o corpo de lado
vi que era verdade a viagem na minha paixão.

Tem quatro estrofes os meus versos
que em minha mente não param de brotar
e viajando no corpo dela ou no universo
a verdade é que nunca a deixei de amar.



ChangCheng